Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

...Mas eu não.

E hoje,  ironicamente, é um lindo dia.
E eu não queria escrever poesia.
Não quero falar e não quero nunca mais sentir.
Novamente, eu adoeci.

Não tenho voz hoje para falar.
Nem mesmo para cantar.
Não sou borboleta, não posso voar.
Não sou aquele que vai te encantar.

E hoje eu acordei com o desejo de me reprimir
É assim que eu funciono, não me permito mais, sentir.
Eu não te encaro, te ignoro e passo a fugir.
Para que você não me faça sorrir.

Não tenho mais vontade de sonhar.
Os sonhos mais lindos que eu tive.
Eu vou me afastar.
Voe, leve e solto, você é livre!.

Mas eu não.

Diego Diamante
Enviado por Diego Diamante em 19/08/2019
Código do texto: T6723749
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Diamante
São Paulo - São Paulo - Brasil, 29 anos
72 textos (747 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 23:13)
Diego Diamante