Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOMBRAS DA CENA

Escuridão
Cadê as estrelas?
Que habitam no céu
Como te-las
Sem vê-las
Que céu é esse
Parece um negro tapete
Não tem lua
Nem cruzeiro do sul
Só o breu
Não tem o que se vê
Esperança, sonhos, amores
Astros frios sem cores
Triste infinito
Um dia já fostes bonito
Cheio de versos e prosas
Hoje você pousa
Como um negativo estragado
Sem o retrato revelado
Restos de vidas largadas
Na dose do choro do copo
Fico sem você, imagem do nada
Procuro escondidas cada
Astro ou estrelas perdidas
Vidas amadas queridas
Que cada um guarda
Do pintado quadro
Da mente que vaga
Da sobra da cena que restou.

SOBRAS DA CENA
FRED COELHO 2018
Fred Coelho
Enviado por Fred Coelho em 08/08/2019
Código do texto: T6715321
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fred Coelho
Fortaleza - Ceará - Brasil
545 textos (7358 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 06:29)
Fred Coelho