Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Céus versus destruição e a adaptação

É comum ouvir por aí que tal pessoa não é gente, não merece viver, de diversas formas. Inclua-se aí qualquer pessoa distante de alguma ideia de mundo-igual-a-si-mesmo.

Choca. Mas é comum. Assim se completam os supostamente divergentes: pela violência.

Por outro lado, não é tão comum, mas geralmente as pessoas recebem com espanto que parece ser de uma violência desmesurada, falar supostamente "contra si mesmo", ou contra um impulso destrutivo que seria "inerente a todos", que para conservar, teria que destruir o outro.

Chuto dizer que a especie humana não tem se realizado em um grau de assimilação e adaptação que bem julga possuir e prolongar a espécie, pelo contrário, a história tem apontado que ela optou por tendências destrutivas, do outro, e, por extensão, de si mesma. Atrofia-se duplamente: na capacidade física e intelectual, que poderia se efetivar da união adaptativa, culminando em uma vida justa ou elevada. Seria em outros termos que nos tornariam dignos do céu.

A pergunta é: como uma espécie tão destrutiva alcançou tamanho grau de desenvolvimento? Nesse ponto, se pode reconhecer a Deus, a ciência, a filosofia, o que melhor puder prover a sua noção de mundo: somos dotados de uma massa corporal, inteligente, que apesar de ter optado pelo potencial destrutivo, conseguiu se conservar, com isso.

Significa dizer que a destruição seja uma necessidade inerente ao homem? Por obviedade, não. Que tenhamos chegado até aqui, destruindo, não indica que a destruição seja o que nos mantenha vivos, apenas que foi como, até então, fizemos nossa existência. Se as teorias estiverem certas, nos extinguiremos, pela destruição, mais cedo do que o nosso potencial de vida.

Adam Regia
Enviado por Adam Regia em 22/07/2021
Código do texto: T7304631
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Adam Regia
Araci - Bahia - Brasil
48 textos (1471 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/21 22:11)
Adam Regia