Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Indiferença

Poesia


Nada impede que eu diga desses olhos e mesmo sem querer  já dizem .
A alma é muito mais profunda ela dilata sua pupila e se faz ser vista a olho nu.
Ahh da boca nao direi ela silencia os beijos que te dei e foram tantos incontaveis como as estrelas.
Ahh esta face surrada da vida de dias de anos de horas de minutos e segundos e esses todos que me roubam  a mocidade e o vigor.
Ahh e dos cabelos que soltam no abraço colando nos corpos e no pescoço suado nos momentos aflitos dos coitos.
Do cheiro tambem não  direi mas é apenas pele e sangue nada mais, sem odores de rosas e jasmim , sem  aroma agradável  das moças com pele de maça.
Não  se agradem de mim senhores  desconheço a aurora dos amantes e da vida cicatrizes incuráveis.
Esmeralda
Esmeralda(Carrossel das ilusões)
Enviado por Esmeralda(Carrossel das ilusões) em 17/02/2021
Código do texto: T7186623
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Esmeralda(Carrossel das ilusões)
Recife - Pernambuco - Brasil
772 textos (25026 leituras)
17 áudios (983 audições)
4 e-livros (556 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/21 14:00)
Esmeralda(Carrossel das ilusões)