Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MEU MELHOR AMIGO E O MEU PIOR INIMIGO

          "A falta de amigos faz com que o mundo pareça um deserto"
                                                                               (Francis Bacon)


 E, de repente, eis que s'encontraram... os dois astros:
   O sol e a lua
 No tempo... e no espaço
  Na mesma longitude...
    Na igual latitude
 No mesmo ponto do zodíaco
  Momento raro... ou providencial?
Mas, haverá ent'eles... uma perfeição conjunção (ou... conjugação)?
   Como, pois irão se conviver?

   Conviver
    Juntos... ligados!
 Eis a questão!... Eis o problema!

   Conviver... consigo!
 Ah! Quem a si mesmo se conhece... totalmente?

  Conviver... com o outro
 Oh! Quem ao outro conhece para que dele não se tenha
  [somente uma "ideia", ao que mais tarde não se seja descoberto?
     (E se tenha dele... um'amarga decepção)

  Feliz aquele que tem a si próprio... por seu melhor amigo
 Quão lamentável quem tem somente a si mesmo... como amigo
   E desgraçado ao que se tem... por seu pior inimigo
 Quão insuportável o é... para si
    (E, também, para os seus "amigos")

   Oh! Quão paradoxal ser... eu sou!
  Ao que posso ser:
    Eu... o meu melhor amigo
  Eu... o meu pior inimigo

 Quando, pois, estarei em trégua comigo mesmo?
    Quando estarei, finalmente, em paz?



                           *********************

                              05 de Agosto de 2020


Paulo da Cruz (a verdade humana do mundo)
Enviado por Paulo da Cruz (a verdade humana do mundo) em 05/08/2020
Código do texto: T7026816
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Paulo da Cruz (a verdade humana do mundo)
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
2245 textos (39318 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 03:58)
Paulo da Cruz (a verdade humana do mundo)