Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ode a tecelã

Oh! Servil tempo que faz encontrar aquele que busca,
Por aquela que espera enquanto fia sobre o tecido da história escrita, ainda que pareça tarde,
Mas o sol nunca se põe sobre o que não está pronto,

Ainda que magoada por leve pontada,
Segue em querer cuidar daquele que vem ao encontro do doce toque da tez,
Ou que seja apenas para ouvir palavras como água e copo para quem tem sede,

Sabe ela que detém a estima daquele que a guarda em ternos pensamentos
Mesmo que mesclado com a rude poeira da vida,
E, sempre lhe põe em oração para que sobreviva para ver seu grande feito,

Assim, se for por destino do Universo que seja abundante em bênçãos sobre aqueles que, mesmo  longe estão pertos em luz de chamas,
E aguardam a chegada de quem completará o feliz lugar.

Assim sendo, antes que se acabe o dia,
Aceite as palavras como  doces sorrisos
Limpando o mal causado!


*Não exatamente uma Ode mas ainda chego lá!

**Ode é uma composição poética do gênero lírico que se divide em estrofes simétricas. O termo tem origem no grego “odés” que significa “canto”. Na Grécia Antiga, "ode" era um poema sobre algo sublime composto para ser cantado individualmente ou em coro, e com acompanhamento musical.

2Chellos With or Without you...
Scrittore
Enviado por Scrittore em 03/08/2020
Reeditado em 03/08/2020
Código do texto: T7025471
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Scrittore
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 54 anos
425 textos (17425 leituras)
1 e-livros (53 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 05:45)
Scrittore