Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Afeto presente

09.09h

Não é sobre luxúria, desejos, suores, arrepios e gemidos nos ouvidos...
É sobre o carinho em silêncio...
O toque sutil da ternura...
A compreensão calada...
O caminho da cura...
Eu não consigo amar um amor doente...
Que maltrata e machuca a gente...
Que seja feito de medo ou insegurança...
Só sei amar sorrindo e tendo esperança...
Com a alegria de uma criança...
Quero falar desse amor sem cobrança...
Desse sentimento que gera felicidade...
Que faz a vida ganhar cor de verdade...
Que até o coração tem saudade...
Não sou alguém que cultiva o romantismo...
Prefiro até o realismo...
Mas acho bom falar desse sentimentalismo...
Pois somos movidos por sentimentos...
São eles que imortalizam momentos...
E sem eles tudo é vazio...
O coração se torna seco, duro e frio...
E num lugar assim nada vai germinar...
Por melhor que seja a semente que queira plantar...
Então me desculpe se não sei amar sem mergulhar ...
Sem querer a presença a me rodear...
Não é demais a profundidade...
Quando se quer de verdade...
O afeto se faz presente em cada gesto...
O cuidado se faz vigente e manifesto...
E tudo que importa é querer bem...
Nesse instante um simples carinho é o sentido de ir além...
Passa pela pele, viaja pela mente e se aloja no coração de alguém...
Mas precisa se propor a viver...
Abrir espaço pra acontecer...
Se não... Nunca vai saber...

Lu!z@

LiaRow > 08/07/2.020
LiaRow
Enviado por LiaRow em 08/07/2020
Código do texto: T6999726
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
LiaRow
Praia Grande - São Paulo - Brasil
120 textos (552 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 12:24)
LiaRow