Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                Eu Sou Uma Linda Borboleta

 Queria estar dançando na porcaria da chuva de granito com um ser vivo, que parece mais transtornado que um louco do hospício. Queria estar tomando café amargo com este ser transtornado, com a casa transtornada e com, lagrimas tremendo de medo, ao sairem de seus olhos e verem o mundo que ele vé. Que este ser, realmente, vê. Que qualquer outra borboleta, que qualquer outra mariposa diria:

- Esta flor está perfeita!
 

 Não para está borboleta. Olhe para si e veja o que eu vejo. Você sim, é uma linda borboleta. Que voa, e voa, e voa para um lugar escuro, sem flores, sem luz, sem nada. Mas não, essa borboleta não. Ela desviou do sapo e foi para a cidade, onde pousou num café doce. Leu o jornal do homem que tomará e viu que, no mundo há seres que quando os vemos, vemos esperança. Então veja. Veja. Veja de verdade. Que há esperança. E que os sapos serão amigos, e escorpiãos, mariposas e aranhas. Todos juntos, unidos. Com lanternas e lampiões antigos. Para clarear este mundo perdido. Com a bela borboleta e o louco do hospício.

    Use sua lanterna.             Seja esperança, seja uma borboleta.

        Tikva
Camila Andrade          
Tikva
Enviado por Tikva em 11/07/2019
Reeditado em 12/07/2019
Código do texto: T6693840
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Sobre a autora
Tikva
São Paulo - São Paulo - Brasil, 15 anos
10 textos (478 leituras)
5 e-livros (90 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 10:53)
Tikva