Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minhas companhias

Eu tenho minhas companhias,
Elas estão há tanto tempo comigo que não sei quem está no controle.
Me sinto um monstro por minhas atitudes. Mas a verdade é que não sei quem as tomou.
Me sinto um monstro por quem eu sou, ou por quem acho que sou.
Minhas companhias fizeram eu me perder no meio do caminho.
É insuportável viver com elas, mas temo que se um dia eu melhorar, não saber quem eu fui por esse tempo todo.
Ah, apresento a vocês minhas companhias:
As “queridas” ANSIEDADE e DEPRESSÃO
Juliana Aires
Enviado por Juliana Aires em 20/05/2019
Reeditado em 18/07/2019
Código do texto: T6652252
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Aires
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 19 anos
26 textos (598 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 14:10)
Juliana Aires