Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ATUALIDADE

Desde de tempos imemoriais, a história das nações observa um ciclo vicioso de ascensão, desenvolvimento, progresso e expansão, contramarcado pelos gastos, as extravagâncias, a decadência e, inevitavelmente, a queda, e esse ciclo vicioso retoma seu giro pragmático, e tudo se renova, ou piora.

O que representa para o cidadão comum, contingente do rumo de acontecimentos gerados numa nação governada por uma filiação política saturada pela recompensa ilegal de negócios lucrativos concebidos na cumplicidade da nata central da elite financeira do âmbito privado e o poder público, motivado a socializar as perdas e privatizar os ganhos, onde o cidadão paga pelo privilégio de uma minoria e não sabe mais a definição de liberdade responsiva e ordenada, um sistema partidário tendencioso, fragmentado, cheio de vícios, operando na pobreza moral da organização política, retentor da manutenção do status quo pelo receio de eventuais efeitos imprevisíveis, convertido à convenção dos interesses da classe em detrimento do bem-estar do cidadão e mediado por crises contraditórias alimentadas pelo ganho próprio e as paixões políticas, numa economia variável, sustentada pela ganância, o desrespeito ao patrimônio público e regido na incompetência?

O que é mais relevante para a sociedade do que a justiça social, onde o governante entende a realidade da tendência do processo histórico, guiado pela lei para suprimir a chance de alguns construírem seu bem-estar na infelicidade dos outros, alforriar todos da desigualdade social e da distribuição rasteira de riqueza, protegendo sem reger, agradecendo e servindo?

Alguns pensam ser a religião, meramente, uma ilusão detentora de dogmas e responsável pelo atraso do desenvolvimento objetivo do homem, convictos no pensamento que, o que a ciência não pode desvendar, a humanidade não pode saber.

Sendo a cultura a acumulação de valores materiais e espirituais onde o homem cria sua realidade, é necessário o hábito essencial da crença amparada pela razão, e as ações inclusivas e imprescindíveis da ciência.

Inspirados pelo respeito e movidos pela ignorância em relação ao mundo físico, onde nada é provável e toda certeza é delírio, nascemos nesses trajes biológicos portadores de almas, neste universo desconhecido sem conformação de como realmente o mundo surgiu e nós aqui chegamos a ser.

Aqueles entre nós, tomados pela paixão, entusiasmo e fascínio pela maravilha e a beleza ao nosso redor, buscam explicar o Porquê, nas coisas que aconteceram na história além de nosso conhecimento ou capacidade de quantificar.

Importantes descobertas, inovações no pensar e práticas sociais teem sido constantes ao longo da história, com afirmações de razões antes impensáveis e trazidas a tona pelas novas disciplinas e conhecimentos, inovações consideradas paralelos ao contrato social, aos direitos humanos e ao direito à vida, incorporando novas formas de direitos que protegem e beneficiam os animais, a natureza e a consideração concedida ao ser humano de reger a sua vida ao ponto de terminá-la, com assistência médica, sob condições patológicas extremas e específicas, uma prerrogativa legal geradora de profunda polêmica,  observada em algumas nações em total discordância com o consenso religioso e a maioria das culturas.

A presença da raça humana na Terra, representada por uma realidade maior em sua história de conquistas, formação das culturas e descobertas, constitui um processo complexo e multidimensional guiado pela fé, curiosidade e motivação do ser cósmico na infância de sua humanidade no despertar do planeta para a compreensão global em um novo século adoecido pela fome, epidemias, decepção, guerras, atrocidades e descrença. Um cenário global, onde as nações progressivas escondem suas atrocidades da vista do público com a ajuda dos principais meios de comunicação, habitado por centenas de milhões de analfabetos e a fome flagelando um sétimo da população mundial, regido pela agressão e a corrupção política.

Mas, há uma esperança!

Nunca na história da humanidade, carecemos tanto da dedicação ao melhoramento do ser humano através da observação dos mandamos primordiais baixados pela ordenação divina e, da ciência consciente e progressiva aliados a um consenso mundial sobre o estado devastado do planeta sofrendo uma crise ecológica que representa a alienação da natureza pela ganância arrogante, a ignorância ecológica, e a degradação dos costumes pela ação nociva do homem e, acima de todos os conceitos, a compreensão que o amor é a ação de luz tão esperada e necessária, e a resposta que devemos uns aos outros, a solução para todos os problemas do mundo, e tudo que precisamos fazer é amar!
J Starkaiser
Enviado por J Starkaiser em 11/01/2017
Reeditado em 23/03/2017
Código do texto: T5878581
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
J Starkaiser
Taquaritinga do Norte - Pernambuco - Brasil
1398 textos (33730 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 15:30)
J Starkaiser