Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não somos diferentes!

Aí, você está de boa na internet, e uma amiga te chama no chat e pergunta o quê você acha sobre a "cota de gays para universidade". Não estando ciente do assunto, fui pesquisar para saber do quê se tratava. Não sei se fiquei surpreso, indignado ou revoltado. Como assim “Todas as populações e grupos apartados historicamente deveriam ser beneficiados, como obesos, homossexuais, travestis (...) os mais feios, os negros deficientes físicos. Muitas afro-descendentes pardas, bonitas e ricas sofrem muito menos discriminação do que uma branca, pobre, gorda e lésbica” ?

Era o que faltava! Viramos motivo de piada, olha que engraçado. O que isso quer dizer?! Bem, ao meu ponto de vista, quer dizer que "aberrações" tem que ter direitos de tentarem ser "humanos" normais. Então, no ponto de vista desse cidadão, uma negra rica sofre mais preconceito que uma gorda feia e lésbica? É uma das MAIORES mentiras. O preconceito está em todos os lados, e todos que não são "normais", (que hoje significa ser branco, bonito, cabelos lisos, hétero e rico), são dignos de uma coisa indigna, o preconceito.

Sou contra isso. Pessoas heterossexuais VÃO tentar se aproveitar desse benefício desnecessário. Porquê ao contrário de uma doença que nos dá realmente direito a alguma vantagem, o homossexualismo é fácil de provar. Basta você agarrar uma pessoa do mesmo sexo e pronto, você já "é" homossexual. É mais um motivo para sermos vítimas de mais preconceitos. E é mais um preconceito. Essa cota, além de desnecessária, é preconceituosa. Homossexuais são humanos, e humanos tem os mesmos direitos uns dos outros.

Por que precisamos dessa cota? Somos incapacitados de lutarmos para obter o que sonhamos ou quereremos com todos fazem? Por isso temos essa "vantagem"? PRA QUÊ VANTAGEM? Enquanto esse tipo de coisa acontecer, NUNCA conseguiremos enfiar de vez na cabeça da sociedade que gay é um ser humano como qualquer outro. Um ser humano feito de sangue vermelho e ossos como todos. Não precisamos disso, não somos diferentes.

O preconceito vem de berço, sempre. Se você educar o seu filho dizendo que ser gay é errado, isso não o fará não ser, porque se ele nasceu com tendências a ser gay, ele será! E certo é você o amar como é, e não o odiar por não ser o que você GOSTARIA que ele fosse. Enquanto existirem pessoas que dizem que ser gay é ser do demônio, e AMAR uma pessoa do mesmo sexo é algo impossível (coisa que não é, afinal, nos apaixonamos pelo quê a pessoa é (seu caráter) e não pelo seu corpo), nunca seremos vistos como uma pessoa normal.
Yago Castro
Enviado por Yago Castro em 20/02/2013
Código do texto: T4149661
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Yago Castro
Campos dos Goytacazes - Rio de Janeiro - Brasil, 23 anos
3 textos (155 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 19:56)
Yago Castro