Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oração de cura, de Philippe Madre, Canção Nova, 2006, 62 páginas

O opúsculo de meditação, oração e fé nos coloca diante de Deus, que atende nossas orações pessoais e em grupo. Há uma linda oração na pág. 28, que nos convida a pedir e entender que para Deus nada é impossível, que Deus cura nossas feridas da alma e do corpo.

Somos orantes em Deus e pelos nossos irmãos doentes - tocando-os no local de suas feridas e dores... Pode-se orar o terço ou outra oração invocando o santo nome de Jesus - que nos reconcilia com o Pai, que nos liberta do maligno, que cura os doentes, carrega nossas angústias e medos... dívidas, desemprego, dúvidas...

Há sempre uma meditação bíblica como Mc14, 33; segue-se jaculatórias e orações:
"Por aqueles que estão angustiados pela solidão.
Ave Maria..."
Ou
Momentos de oração: p. 42:
"Por aqueles que estão mergulhados numa grande miséria...
(Um ou alguns nomes específicos: ......)
Refrão de miséricóridia: "Escuta minha voz, em sua misericórdia, Senhor."
ou
"Maria, Minha mãe, coloque-me dentro de seu coração
e eu conhecerei o rosto de meu Deus.
Senhor, meu Deus, crei em seu amor e penso sempre que o Senhor"  perdoa meus pecados e de meu lar... do meu passado, de hoje e do futuro...
Ou
momentos de oração em grupo:
"Senhor Jeus, pelo seu sangue, perdoa meu pecado...
ou
Adoração na confiança:
"Deus de misericórdia (Jesus), apesar dos meus medos, escolherei perdoar aquele que me feriu..."


Meu maior pedido de cura... é....(p. 18)


___________________
Informações bibliográficas: http://books.google.com.br/books/about/Ora%C3%A7%C3%B5es_de_Cura.html?hl=pt-BR&id=ceRbjrN8Le4C

Título Orações de Cura -Autor Philippe Madre
Editora: Canção Nova
ISBN 8576770083, 9788576770084

Passagens mais conhecidas

Página 28 - E quando eu for levantado da terra, atrairei todos os homens a mim‎
Aparece em 7 livros de 1966-1977
Página 21 - Em verdade, em verdade, vos digo: o que pedirdes ao Pai em meu nome, Ele volo dará.‎
Aparece em 5 livros de 1973-2003

_____________

Informações bibliográficas

Título Orações de Cura e Adoração
Autor Philippe Madre
Editora Canção Nova
ISBN 8576770512, 9788576770510

Passagens mais conhecidas

Página 72 - Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, certo que os meus ministros haviam de pelejar para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora não é daqui o meu reino.‎
Aparece em 31 livros de 1915-2005
Página 75 - Se queres ser perfeito, vai, vende o que tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no Céu; depois vem e segue-me.‎
Aparece em 48 livros de 1941-2007
Página 69 - A paz esteja convosco'. Enquanto falava, mostrou-lhes as mãos e o lado. Vendo o Senhor, os discípulos ficaram tomados de intensa alegria. Então Jesus lhes disse de novo: 'A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio'.‎
Aparece em 16 livros de 1967-2006
Página 69 - Na tarde do mesmo dia, que era o primeiro da semana, os discípulos tinham fechado as portas do lugar onde se achavam, por medo dos judeus. Jesus veio e pôs-se no meio deles. Disse-lhes ele: 'A paz esteja convosco!'.‎
Aparece em 6 livros de 1963-1973
Página 74 - Bendito seja Deus, o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias, Deus de toda a consolação, que nos conforta em todas as nossas tribulações, para que, pela consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus, possamos consolar os que estão em qualquer angústia!‎
Aparece em 4 livros
Página 72 - Sim, eu sou rei. É para dar testemunho da verdade que nasci e vim ao mundo.‎
Aparece em 4 livros de 1968-2002
Página 70 - Por isso lhe digo: seus numerosos pecados lhe foram perdoados, porque ela tem demonstrado muito amor. Mas ao que pouco se perdoa, pouco ama.‎

Aparece em 2 livros

fonte: http://books.google.com.br/books?id=iZL_Fgqg9sYC&hl=pt-BR&source=gbs_book_similarbooks
_________________
Diácono Philipe Madre
cancaonova.com, 15/01/2005

Por que algumas pessoas não são curadas?

O que é o ministério de cura e libertação?

É acompanhar as pessoas durante a oração para serem receptivas à graça que o Senhor quer lhes dar.
Desde que existe o sofrimento na vida do homem, seja ele físico, psíquico ou espiritual, Deus quer derramar a sua misericórdia, só que nós não sabemos como Deus quer efetuá-la. Algumas vezes Ele vai dar um sinal através da oração e da cura e outras vezes ele vai dar uma luz para viver em Deus o sofrimento.
Então esse ministério de cura e libertação, faz com que a pessoa acolha a misericórdia de Deus conforme Ele quer dá-la.


Como você descobriu o seu ministério de cura e libertação?

Eu me converti a Jesus, por que presenciei uma cura milagrosa. Essa cura deu uma reviravolta na minha vida e na vida de minha esposa, e dissemos: “Se Deus realmente existe, então vamos dar toda a nossa vida pra Ele”. Foi quando nós entramos em uma comunidade de oração na França, Comunidade Beatitudes, centrada na Eucaristia, e a partir de então, muitos doentes vieram visitar essa comunidade, e alguns ficavam dias ou semanas, quando fomos forçados, pelo Senhor, a acolhê-los. E foi assim que o Senhor nos formou nesse ministério de cura.

Você presenciou muitos fatos de cura? Existe algum que te marcou mais?

Eu fui testemunha de mais de uma dezena de milhares de curas e libertações. Tiveram vários que me chamaram a atenção e me tocaram. Mas no que diz respeito a cura física, foi a recuperação instantânea de uma jovem que estava completamente paralisada, e que assim que foi curada e deu testemunho aos presentes, por causa do testemunho, por volta de outras 10 pessoas, que estavam completamente paralíticas, se levantaram e andaram.

O que dizer para as pessoas que estão começando a praticar o ministério de cura e libertação?

Esse ministério de cura e libertação não é apenas um carisma que recebemos, mas é um convite do Senhor para que as pessoas crescerem na fé. Nesse ministério a gente precisa procurar como crescer na fé. Por que cada um de nós tem um caminho pessoal de crescimento na fé. Somente através deste crescimento na fé que esse ministério de cura e libertação produzirá cada vez mais frutos. Mas o principal é o testemunho do amor de Jesus, sua misericórdia, através da sua vida.

Existem fatores que podem facilitar e/ou dificultar a realização de uma cura?

A cura é sempre um dom gratuito de Deus. Não se pode fazer uma fórmula matemática pra Ele. Deus quer curar todo mundo, mas nem sempre da maneira que nós gostaríamos. São formas de cura de Deus:
* a libertação de espíritos malignos;
* o perdão dos pecados;
* viver o seu sofrimento, de uma maneira mais próxima do outro.
“Deus quer curar todo mundo, mas a gente nunca sabe “como”,
por que é a sabedoria d´Ele que decide a forma.”

Existem dois obstáculos que barram o acolhimento da cura:
1º) recusar o perdão. Seja de uma pessoa que nos machucou ou estarmos com o coração machucado com relação às pessoas;
2º) medo, profundo medo. Por que a tendência de todo homem que foi machucado pelo pecado, é ter medo de Deus. Mesmo que ele creia em Deus, mesmo que ele ame ao Senhor, tem uma espécie de medo profundo de Deus em nós, como se tivéssemos medo do que Deus espera de nós se Ele tomasse conta da gente. Então esse medo muitas vezes é o empecilho para a cura. E o melhor remédio para esse medo é o crescimento na fé.


O que, no povo brasileiro, mais te chamou a atenção?

É a grande disposição para acolher o amor de Deus. É uma grande qualidade, e que mostra que Deus espera muito do povo brasileiro, mas isso também é uma grande exigência, e que implica que essa grande disposição para acolher o amor de Deus, seja transmitida uns para os outros. É preciso que o povo brasileiro cresça na busca da verdade, para não se equivocar de Deus, e que Jesus seja cada vez melhor acolhido em sua alma. Mas é uma graça especial, essa disposição de acolher o amor de Deus.

Como você vê o papel da Canção Nova na cura e libertação do povo brasileiro, e de todo o mundo?

O próprio do carisma da Comunidade Canção Nova, é muito precioso para a cura do homem. E portanto muito precioso para o povo brasileiro e todo o povo de Deus, por que ele utiliza os meios modernos para transmitir a Palavra de Deus, entre outros através da mídia, mas também pela qualidade de escuta e de presença neste lugar. Essa forma de transmitir a Palavra de Deus pelos meios de comunicação é uma forma de transmitir a verdade.
O carisma da Canção Nova permite a propagação do carisma de Cristo! E essa é a mais bela forma de cura através da verdade, que o Senhor está operando no seu povo através da Canção Nova.


» Release de Philipe Madre

» Confira cobertura completa do Acampamento de Cura e Libertação na Canção Nova

FONTE: http://www.cancaonova.com/portal/canais/entrevista/entrevistas.php?id=197
____________
"Meu Deus! Eu creio, adoro, espero e amo-Vos; peço-Vos perdão para os que não crêem, não adoram, não esperam e não Vos amam" (3 vezes)

"Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, eu vos adoro profundamente e Vos ofereço o preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor Jesus Crito presente em todos os sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido e pelos merecimentos infinitos de Seu Santíssimo Coração e pela intercessão do Imaculado Coração de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores."


FONTE:  http://www.cancaonova.com/cnova/dicas_fe/index.html

_______________________

Um bom cristão não é quem nada faz de mau, mas quem fez muitas coisas boas. (Santo Agostinho)

“Quam bonum est et quam jucundum habitare fratres in unum”

Jornalismo da Canção Nova: “As diferenças são manifestações de Deus para o bem comum” (!!!)

__________

Na parte introdutória do Catecismo da Igreja Católica (CIC), o Papa João Paulo II diz que “guardar o depósito da fé é a missão que o Senhor confiou à sua Igreja e que ela cumpre em todos os tempos.” Nos tempos atuais, o depósito da fé pode ser representado por este livro que guarda “um conjunto considerável de exposições doutrinárias e de diretrizes pastorais oferecidas a toda a Igreja”. É, portanto, um caminho seguro.

O Papa Bento XVI teve especial participação na elaboração do CIC, vez que foi incumbido por João Paulo II para trabalhar “cuidadosamente na execução da tarefa que lhe foi atribuída, dando atenção particular às muitas propostas de modificação das enunciações do Catecismo.” Vencida essa etapa, o texto passou pelo crivo dos Bispos do mundo todo e, segundo João Paulo II, o Catecismo da Igreja Católica testemunha, também, “a catolicidade da Igreja”.

O valor doutrinal do CIC é imensurável, uma vez que é uma exposição da fé da Igreja e da doutrina católica, testemunhadas ou iluminadas pela Sagrada Escritura, pela Tradição Apostólica e pelo Magistério da Igreja. Além de ser, também, “um instrumento válido e legítimo a serviço da comunhão eclesial” e servir como “uma norma segura para o ensino da fé”.

Atualmente, é desejo do Papa Bento XVI que os fiéis católicos estudem o Catecismo. E ele é bem claro em sua Carta Apostólica sob a forma de Motu Proprio Porta Fidei, na qual ele proclama o Ano da Fé.

Assim, estudar o Catecismo da Igreja Católica é atender a um desejo do Papa, doce vigário de Cristo na Terra, sabendo oferecer a todo homem que nos pergunte a razão de nossa esperança e queira conhecer aquilo que a Igreja Católica crê.

fonte: http://padrepauloricardo.org/cursos/catecismo-da-igreja-catolica/

____________________

J B Pereira, Diácono Philipe Madre e http://www.cancaonova.com/cnova/dicas_fe/index.html e http://padrepauloricardo.org/cursos/catecismo-da-igreja-catolica/
Enviado por J B Pereira em 30/12/2012
Reeditado em 01/01/2013
Código do texto: T4059933
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2539 textos (1498228 leituras)
30 e-livros (324 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 16:37)
J B Pereira