Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORTE IDIOTA



Acordou muito assustado em seu próprio velório. Remexeu-se no caixão, soltando uns gemidos de pavor, desvencilhando-se daqueles aparatos de filó. Não ficou viva alma na sala. No vira e mexe dentro da urna, o suporte que a segurava estatelou-se no chão. Ele caiu, bateu com a cabeça e morreu.
Ene Ribeiro
Enviado por Ene Ribeiro em 30/11/2019
Código do texto: T6807699
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Ene Ribeiro
Goiânia - Goiás - Brasil, 57 anos
18247 textos (293298 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 01:26)
Ene Ribeiro

Site do Escritor