Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

METAPOEMAS

AMOR DE POETA

Amo a poesia. Vejo nela minhas paixões.
Falo, e, faço juras de amor com ela.
Adoro beijar suas formas sensuais,
E, ademais sou aficionado pelos poemas,
E, sem ser matemático faço deles teoremas;
Em muitos esquemas declaro-me amante
De todas as poesias, com suas parusias!
Enlevo-me nessa paixão de mãos dadas
Com ela, que, sempre caminha ao meu lado!
Mergulho em suas águas límpidas, e, cristalinas...
E, em braçadas aposso-me de suas belezas
Como que, sereias a me acariciar em prosa e versos!
Amor de poeta é lúdico com as poesias...
Tal qual criança, que, brinca com fantasias,
O poeta na sua santa inocência brinca de,
Papai e mamãe numa feliz família,
E, filhos vão nascendo em cada poesia!
Com seus olhos o poeta enxerga além
Da linha do horizonte azul, onde o vento faz a curva!
Declaro-me amante dos poemas em todos esquemas!
Amo amar poesias; Minha família são as estrofes,
Versos e rimas; inseparáveis apóstrofes!

Jose Alfredo

alfredoliterario
Enviado por alfredoliterario em 25/06/2019
Código do texto: T6681711
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
alfredoliterario
Lorena - São Paulo - Brasil, 73 anos
806 textos (9462 leituras)
4 e-livros (45 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/19 22:30)
alfredoliterario