Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pensamento mensagem

 pensamento mensagem
Juntinho à lareira sonhado,
Escutando os ventos furiosos.
Como caminhantes penosos,
O fogo ia poucos apagando.

Sonhava com tempos passados,
Coisas pensadas inacabadas.
Ideias que foram alinhavadas,
Tempos perdidos, roubados.

Os ventos bem fortes varrendo,
As praias, as encostas, a planície.
Melhor seria se não se ouvisse,
E o lume vai também morrendo.

Mas neste mundo, nada é eterno,
Dizia Lavoisier, tudo se transforma.
Pois nada morre, muda de forma,
Vem o verão, outono e inverno.

A natureza não morre, adormece,
Para no outono, dorme no inverno.
Quando cai neve, fica branco terno,
Na primavera desperta e amanhece.

Finalmente vem o verão calmoso,
Colhendo as uvas e muito grão.
As frutas abundantes na ocasião,
É tempo quente, mas gostoso.

J. Rodrigues Galeano) 19/09/2014
 

   



 



Galeano
Enviado por Galeano em 21/09/2014
Código do texto: T4970657
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 83 anos
644 textos (111068 leituras)
14 áudios (2008 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 00:06)
Galeano