Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ave noturna

Não há dor que não ensina
Uma nova lição
Toda dor que desatina
A ordem da minha confusão

Peixe que fugiu do aquário
Quis viver no oceano
Mas sentiu falta de casa
Sentiu dor e desengano

Quando cruzei seu caminhar
Não sentia dor nenhuma
Hoje me invade a tristeza
Ao cantar a ave noturna

Não há dor definitiva
Todo penar é passageiro
São os devaneios da vida
Enchendo nosso bagageiro.
Rafhael Morcego Franco
Enviado por Rafhael Morcego Franco em 21/11/2019
Reeditado em 21/11/2019
Código do texto: T6800236
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Rafhael Morcego Franco
Castro - Paraná - Brasil, 27 anos
12 textos (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/01/20 20:58)
Rafhael Morcego Franco