Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HIPOCRISIA

Quantos de nós somos feitos de amor respeito e de compaixão?
Quantos amam o inimigo e reconhece nele o seu próprio irmão?
Quantos compartilham sonhos? Quantos repartem o pão?
Quantos reconhecem erros? Exercitam o perdão
Viva sempre com respeito, perdoe e reparta o pão
Pois se todos somos filhos, então nós somos irmãos

Quantos de nós defendemos a paz a justiça sem hesitação?
Quantos vivem a procura do que pensa alma e o coração?
Renunciam ao julgamento, a censura e acusação
Não deixem que o preconceito atrapalhe sua missão
Jogue fora o preconceito, dê a mão a seu irmão
Não existe cor ou sexo, vale é o respeito que temos nas mãos

É preciso muita força, muito amor, respeito e reflexão
Não vale o ouro que temos, o que conta mesmo é a boa ação
Aproximem os caminhos, cultivem a união
Pesem sua consciência, vivam em paz com seu irmão
Se daqui o que levamos, é o que fizemos de bom
Olhe para todos os lados, renuncie a opressão

Quantos creem que a verdade é o caminho exato para a salvação?
Trilham o caminho oposto pela vaidade ou por ambição
Pensam que as aparências, vale mais que a ação
Acham que o poder é tudo, vivem na escravidão
Os grilhões da arrogância nos impedem a confissão
De que a nossa ignorância é porta entrada para essa prisão

Wilson Paulo Magalhães
@wilsonmagalhaes1
Wilson Magalhães
Enviado por Wilson Magalhães em 08/11/2019
Código do texto: T6790259
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Wilson Paulo Magalhães e o instagram @wilsonmagalhaes1). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
HIPOCRISIA - Wilson Magalhães
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wilson Magalhães
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
17 textos (220 leituras)
6 áudios (141 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 21:29)
Wilson Magalhães

Site do Escritor