Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TODA MULHER TÊM SEGREDOS



Eu sempre cacei, mas eu fui caçado
Quando a vi, fiquei logo apaixonado
O meu coração bateu tão apressado
Eu não me lembro de nada igual no passado

Quando lhe dava um beijo gostoso
Um beijo molhado de tanto desejo
E acariciava o seu corpo fogoso
Ela se dava, como faca no queijo

Toda mulher têm segredos
Segredos inconfessáveis              (Refrão)
Eu vivi com uma assim
E fui vítima da sua malandragem

Mas, de repente, o que era doce acabou
No dia em que aquela ingrata me deixou
Sorrateiramente, foi embora sem dizer nada
Deixando nossa casa e minha estima arrasada

Só voltarei a sorrir quando essa dor passar
Quando parar de maltratar o meu coração
Quando remover, de mim, a saudade dela
Que se esvaiu por entre os dedos da minha mão

Toda mulher têm segredos
Segredos inconfessáveis              (Refrão)
Eu vivi com uma assim
E fui vítima da sua malandragem
Everaldo Barreto de Farias
Enviado por Everaldo Barreto de Farias em 15/07/2019
Código do texto: T6696220
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Everaldo Barreto de Farias
Recife - Pernambuco - Brasil, 62 anos
586 textos (5317 leituras)
13 áudios (822 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/19 21:44)
Everaldo Barreto de Farias