Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(sol de Glauber)

faca de gume afiado
a dialética do caos
coloca lado a lado
os bons e os maus

rio perene, imaginário
nuvens de arribação
são pés cortando caminhos
é o sol castigando o sertão

terra seca, esturricada
abrindo-se em estrias
mostra-nos a saga macabra
de um povo em agonia

o céu ardente cria redemoinhos
mó inclemente nos reduzindo a pó

imagem triste e degradante
uma região esquecida
onde, 'o sertão é quase nada
e não tem quase nada.'
Poemúsica
Enviado por Poemúsica em 31/07/2018
Reeditado em 12/09/2018
Código do texto: T6405865
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
(sol de Glauber) - Poemúsica

Comentários

Sobre o autor
Poemúsica
Santo Antônio de Jesus - Bahia - Brasil
100 textos (1483 leituras)
14 áudios (316 audições)
1 e-livros (7 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 02:03)
Poemúsica