Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(poética insana)

um grito
não seca o
lamento
(...)

a luz
do destino
parca visão
depois
os rastros
na palma da mão

vozes esculpidas em silêncio
ecoam no fundo falso da memória

a boca
sedenta
produz
o sal da aflição
o sol
na cabeça
chove
alucinação

na lucidez de Artaud
amarro minha poética insana
Poemúsica
Enviado por Poemúsica em 31/07/2018
Código do texto: T6405861
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Poemúsica
Santo Antônio de Jesus - Bahia - Brasil
100 textos (1483 leituras)
14 áudios (316 audições)
1 e-livros (7 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 22:21)
Poemúsica