Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO PREVENIR O câncer de mama: DICAS. OUTUBRO ROSA - TODOS SOMOS RESPONSÁVEIS - A MULHER É IMPORTANTE - A SAÚDE É UM DOM


O trabalho e a espiritualidade da mulher
https://www.comshalom.org/o-trabalho-e-a-espiritualidade-da-mulher/

outrossim, a mulher viver em plenitude sua vocação cristã nos ambientes em que desempenha seus papéis.

“Obrigado a ti, mulher-mãe, que te fazes ventre do ser humano na alegria e no sofrimento de uma experiência única, que te torna o sorriso de Deus pela criatura que é dada à luz, que te faz guia dos seus primeiros passos, amparo do seu crescimento, ponto de referência por todo o caminho da vida.

Obrigado a ti, mulher-esposa, que unes irrevogavelmente o teu destino ao de um homem, numa relação de recíproco dom, ao serviço da comunhão e da vida.

Obrigado a ti, mulher-filha e mulher-irmã, que levas ao núcleo familiar, e depois à inteira vida social, as riquezas da tua sensibilidade, da tua intuição, da tua generosidade e da tua constância.

Obrigado a ti, mulher-trabalhadora, empenhada em todos os âmbitos da vida social, econômica, cultural, artística, política, pela contribuição indispensável que dás à elaboração de uma cultura capaz de conjugar razão e sentimento, a uma concepção da vida sempre aberta ao sentido do « mistério », à edificação de estruturas econômicas e políticas mais ricas de humanidade.

Obrigado a ti, mulher, pelo simples fato de seres mulher! Com a percepção que é própria da tua feminilidade, enriqueces a compreensão do mundo e contribuis para a verdade plena das relações humanas.”

(Sua Santidade, o Papa João Paulo II. Carta às Mulheres, de 29 de Junho de 1995, nº 2)

07 sinais de auto-estima baixa - Mulheres (10/02/17)
https://www.youtube.com/watch?v=YTiLErGn7TE

_____________

"Ser amiga de Maria" Santíssima

Amada por Deus, Esposa de São José, Mãe de Jesus,
Orientadora da comunidade Apostólica, Ungida do Espírito Santo

"Em Maria, você encontrará todos os poderes que uma mulher têm. Portanto, quanto mais íntima você for dessa grande mulher de Deus, que dividiu a história da humanidade num antes e depois, mais poderosa você será."


Fernanda Zapparoli

Fernanda Zapparoli é missionária da Canção Nova.

Esposa de Guilherme Zapparoli. Jornalista.

Autora dos livros “A mulher segundo o coração de Deus”
e “A beleza da mulher a ser revelada”.

Atualmente, reside em Toulon, França,
onde trabalha com as mídias sociais do cnmedia.fr.
A missionária é também Youtuber no canal ‘Fernanda Zapparoli’.

https://formacao.cancaonova.com/afetividade-e-sexualidade/afetividade-feminina/empoderamento-os-poderes-sociais-da-mulher-crista/

____________

Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem
ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como:

Praticar atividade física regularmente;
Alimentar-se de forma saudável;
Manter o peso corporal adequado;
Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
Amamentar.

______________


CÂNCER DE MAMA
O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido enquanto outros são mais lentos.

Para o Brasil, estimam-se 59.700 casos novos de câncer de mama, para cada ano do biênio 2018-2019, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres. Sem considerar os tumores de pele não melanoma, esse tipo de câncer também é o primeiro mais frequente nas mulheres das Regiões Sul (73,07/100 mil), Sudeste (69,50/100 mil), Centro-Oeste (51,96/100 mil) e Nordeste (40,36/100 mil). Na Região Norte, é o segundo tumor mais incidente (19,21/100 mil)

Existe tratamento para câncer de mama, e o Ministério da Saúde oferece atendimento por meio do Sistema Único de Saúde, o SUS.

______________________

O QUE AUMENTA O RISCO?
O câncer de mama não tem somente uma causa. A idade é um dos mais importantes fatores de risco para a doença (cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos). Outros fatores que aumentam o risco da doença são:

Fatores ambientais e comportamentais:
Obesidade e sobrepeso após a menopausa;
Sedentarismo (não fazer exercícios);
Consumo de bebida alcoólica;
Exposição frequente a radiações ionizantes (Raios-X).
Fatores da história reprodutiva e hormonal
Primeira menstruação antes de 12 anos;
Não ter tido filhos;
Primeira gravidez após os 30 anos;
Não ter amamentado;
Parar de menstruar (menopausa) após os 55 anos;
Uso de contraceptivos hormonais (estrogênio-progesterona);
Ter feito reposição hormonal pós-menopausa, principalmente por mais de cinco anos.
Fatores genéticos e hereditários*
História familiar de câncer de ovário;
Casos de câncer de mama na família, principalmente antes dos 50 anos;
História familiar de câncer de mama em homens;
Alteração genética, especialmente nos genes BRCA1 e BRCA2.
*A mulher que possui um ou mais desses fatores genéticos/ hereditários é considerada com risco elevado para desenvolver câncer de mama.

Já o câncer de mama de caráter genético/hereditário corresponde a apenas 5% a 10% do total de casos da doença. Homens também podem ter câncer de mama, mas somente 1% do total de casos é diagnosticado em homens.

Atenção: a presença de um ou mais desses fatores de risco não significa que a mulher necessariamente terá a doença.

_______________

SINAIS E SINTOMAS

É importante que as mulheres observem suas mamas sempre que
se sentirem confortáveis para tal (seja no banho, no momento da
 troca de roupa ou em outra situação do cotidiano), sem técnica específica, valorizando a descoberta casual de pequenas alterações mamárias.

Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são:

Caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor;
Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca
de laranja;
Alterações no bico do peito (mamilo);
Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas)
ou no pescoço;
Saída espontânea de líquido dos mamilos
As mulheres devem procurar imediatamente um serviço
para avaliação diagnóstica ao identificarem alterações persistentes
nas mamas. No entanto, tais alterações podem não ser
câncer de mama.

__________________

DETECÇÃO PRECOCE
O câncer de mama pode ser detectado em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando assim as chances de tratamento e cura. Todas as mulheres, independentemente da idade, podem conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres.

Além de estar atenta ao próprio corpo, também é recomendado que mulheres de 50 a 69 anos façam uma mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) a cada dois anos. Esse exame pode ajudar a identificar o câncer antes do surgimento dos sintomas.

Mamografia é uma radiografia das mamas feita por um equipamento de raios X chamado mamógrafo, capaz de identificar alterações suspeitas.

Mulheres com risco elevado para câncer de mama devem conversar com seu médico para avaliação do risco para decidir a conduta a ser adotada.

Mamografia de rastreamento e mamografia diagnóstica: qual a diferença?
No Brasil, a recomendação do Ministério da Saúde - assim como a da Organização Mundial da Saúde e a de outros países - é a realização da mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) em mulheres de 50 a 69 anos, uma vez a cada dois anos.

A mamografia de rastreamento pode ajudar a reduzir a mortalidade por câncer de mama, mas também expõe a mulher a alguns riscos. Conheça os principais benefícios e riscos desse exame:

Benefícios:

Encontrar o câncer no início e permitir um tratamento menos agressivo.
Menor chance de a paciente morrer por câncer de mama, em função do tratamento precoce.
Riscos:

Suspeita de câncer de mama. Isso requer outros exames, sem que se confirme a doença. Esse alarme falso (resultado falso positivo) gera ansiedade e estresse.
Câncer existente, mas resultado normal (resultado falso negativo). Esse erro gera falsa segurança à mulher.
Ser diagnosticada e submetida a tratamento, com cirurgia (retirada parcial ou total da mama), quimioterapia e/ou radioterapia, de um câncer que não ameaçaria a vida. Isso ocorre em virtude do crescimento lento de certos tipos de câncer de mama
Exposição aos Raios X. Raramente causa câncer, mas há um discreto aumento do risco quanto mais frequente é a exposição.

Mamografia diagnóstica
A mamografia diagnóstica, assim como outros exames complementares com finalidade de investigação de lesões suspeitas da mama, pode ser solicitada em qualquer idade, a critério médico. Ainda assim, a mamografia diagnóstica geralmente não é solicitada em mulheres jovens, pois nessa idade as mamas são mais densas, e o exame apresenta muitos resultados incorretos.

O SUS oferece exame de mamografia para todas as idades, quando há indicação médica.

Saiba mais em Cartilha Câncer de Mama: vamos falar sobre isso?
INCA - Ministério da Saúde.


_____________


MATERIAL DE DIVULGAÇÃO

Os materiais podem ser baixados e reproduzidos na íntegra e não podem sofrer alteração sem a aprovação do INCA.
Pedidos de materiais impressos devem ser encaminhados para o email atencao_oncologica@inca.gov.br, com as seguintes informações: 1) tipo de material desejado; 2) atividade a ser realizada e 3) número estimado de participantes. O atendimento estará sujeito à avaliação da proposta e à disponibilidade de estoque. Prioritariamente serão atendidas instituições públicas.



Materiais gráficos
Cartaz
PDF (6.446 KB)
JPG (1.668 KB)
Cartilha
Câncer de Mama - Vamos falar sobre isso? - PDF (6.390 KB)
Email Marketing
JPG (608 KB)
Filipeta
PDF (5.417 KB)
Folder
PDF (1.152 KB)

INCA - Ministério da Saúde.

PARCERIAS FIO CRUZ - FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ

IMPRENSA
Contatos
Marcelo Cajueiro
(21) 98802-3190

 

Tatiana Escanho
Bruna Gama
Jaqueline Pimentel
Tels.: (21) 3207-1646
(21) 3207-1400

 
imprensa@inca.gov.br
J B Pereira e http://www.inca.gov.br/outubro-rosa/como-prevenir.asp
Enviado por J B Pereira em 25/10/2018
Reeditado em 25/10/2018
Código do texto: T6485544
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2301 textos (1289034 leituras)
14 e-livros (91 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 10:36)
J B Pereira