Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INDRISO – INGRATIDÃO

 

INDRISO – INGRATIDÃO – COMPOSTO EM 24.12.2010

 

Nem podes mensurar o quão senti

Ao não valorizares meu escrito

Naquele arremedo de poema

 

Como é triste querer sem ser amado

Sinto-me na tua vida um ser proscrito

A carregar nos ombros tal dilema

 

Quem sabe não serei como andarilho

 

Que sem destino esquece seu passado

 

 

Em construção

Foto: GOOGLE

ansilgus
Enviado por ansilgus em 24/12/2010
Reeditado em 24/12/2010
Código do texto: T2689173
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
ansilgus
Recife - Pernambuco - Brasil
1657 textos (334482 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 04:50)
ansilgus