Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Expertise Surreal

No finzinho dos anos 50 e comecinho dos anos 60, ao mudar para BH, fui vizinho de um velho Inspetor de Polícia, que trabalhou muitos anos na Delegacia de Vadiagem. Cuidava de combater pequenos furtos e a falsa mendicância, pessoas que colocavam  pedaços de carne nas pernas para ficar  parecerem  feridas. Fingiam de cegos e aleijados. Num dia de campana, abordou um   pedinte colocando uma pratinha e tirando uma nota de dois cruzeiros, o (cego) disse  que ele estava roubando, o inspetor lhe  disse; se ele  era cego e como notou a trapaça? Ele disse que não era  o cego, estava segurando o ponto do outro  cego, que foi fazer xixi. Ele era o mudo da outra esquina. Voz de prisão e camburão. Algumas pessoas revoltadas, porque a polícia prendeu  um mendigo.

Lair Estanislau Alves.
 
Sô Lalá
Enviado por Sô Lalá em 05/07/2020
Código do texto: T6996625
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Sô Lalá
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 83 anos
1780 textos (128685 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 01:30)
Sô Lalá