Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O CHINELO PERDIDO

Zé Carvino, primo distante de Vó Jurema, foi ao Brechó da Igreja X, um bazar da pechincha para arrecadar fundos para o dia do batismo.
A venda foi um sucesso, mas tão sucesso que Zé Carvino deu uma bobeira: foi com um par de chinelos Ryder, com pregos nas seis pontas das "lascas", quando se sentou, tirou o pé do chinelo esquerdo para coçar a frieira do dedão. Folgado, fez o mesmo com a frieira do dedão do pé direito. Quando se apercebeu, estava descalço.
Conclusão: algum desavisado acabou levando os chinelos "quase novos" de Zé Carvino por apenas apenas dois reais!
Jonas De Antino
Enviado por Jonas De Antino em 13/02/2017
Reeditado em 07/03/2017
Código do texto: T5911592
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jonas De Antino
Cajati - São Paulo - Brasil, 53 anos
667 textos (10014 leituras)
5 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/19 13:19)
Jonas De Antino