Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEMORIAL: João Ronald da Silva Paes, o Nado, nosso amigo da DIVA.


Infelizmente essa pandemia veio para deixar muitas famílias de luto. No dia 08 de março de 2021, perdemos o querido primo João Ronald da Silva Paes, conhecido carinhosamente como Nado, para a Covid-19.

Nascido em 21 de outubro de 1952, aos seus 68 anos de idade, deixou sua esposa Vânia, a filha Ana Carmem, o filho André Soares Tavares e seus 4 netos. O Nado era mais conhecido que farinha em saco no município de Urucará, filho da Tia Magá e do Tio Caúca (já falecidos), deixando entristecidos também seus irmãos: Rosi, Meire, Beto e Joaquim. Recomendado por tia Magá, sua mãe, para ser o tutor da familia, ele era o mais experiente, o líder, amigo, camarada e o porto seguro nas horas difíceis. A união e o amor famíliar sempre falavam mais alto. Dedicava muito amor à toda sua família.

O Nado era como se fosse um irmão para nós, a Tia Magá e o Tio Caúca eram sócios do papai no comércio, morávamos juntos na casa que não existe mais, mas que reconhecemos e vemos com saudosismo pelas fotos. Fomos criados como irmãos, por este motivo temos uma consideração enorme e um amor imenso dedicados a ele e toda a sua família. Nado sempre nos recebia com muito carinho e tão bem, quando chegávamos em Urucará.
Ele era aquela pessoa que recebia a todos com um sorriso amigo, o jeito português de acolher, naquele Benjaminzeiro onde funcionava a DIVA, que foi fundada por seu pai, o Caúca. Seus amigos da DIVA sentirão muito a sua falta, das piadas que gostava de contar, das brincadeiras que fazia, do jogo de baralho, do picolé, do salgadinho que era vendido e principalmente das conversas sobre Urucará. Se quisesse falar com ele, estava sempre lá pronto para atender a todos. Não guardava rancor de ninguém, andava na sua moto, era muito conhecido e querido em toda a cidade.

Em sua passagem por Manaus, trabalhou na S. Monteiro e Souza Arnaud, sempre ocupando cargo de destaque, em Urucará foi por 6 anos representante do IPASEA e por 8 anos foi chefe de gabinete na gestão do prefeito Pedro Falabella. Também assumiu a direção do SAAE na gestão de Fernando Falabella. No seu último emprego estava lotado na Secretaria Municipal de Educação, na gestão do prefeito Enrico Falabella. Nado sempre desempenhou um excelente trabalho à frente dos órgãos públicos em benefício do desenvolvimento do município de Urucará.

Lembro de alguns momentos, quando viemos juntos estudar em Manaus, eu com 13 anos e o Nado com 14, para fazer exame de admissão e para ingressar nas escolas de Manaus. Fomos morar na casa do Tio Tônico e estudar na Escola Estadual Aparecida, isso no período da 5ª à 8ª série do 1° grau. Depois concluímos o 2° grau na famosa Escola Estadual D. Pedro II, muito conhecida e famosa, onde muitas personalidades de Manaus passaram por lá. Com o tempo, o Nado optou por retornar à Urucará. Nunca esquecerei de todas as experiências que pudemos compartilhar. Sempre terás um lugar especial guardado no meu coração.

Será dificil esquecer uma pessoa tão querida, sua presença vai ser sempre lembrada. O que nos conforta é saber que estarás ao lado do Pai, na Morada Eterna, para onde todos nós iremos um dia.

A família Paes encontra-se muito triste, de luto e rezando para que sua alma descanse e possa encontrar a paz.
O município de Urucará e todos os seus cidadãos lamentam muito a perda de um homem tão querido.
Sentiremos muito a sua falta!
Vá em paz, Nado!

Texto produzido com ajuda de sua irmã Meyre Paes.

13/03/2021
José Gomes Paes
Escritor e Poeta de Urucará
A princesinha do Baixo Amazonas.
José Gomes Paes
Enviado por José Gomes Paes em 19/04/2021
Código do texto: T7235958
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
José Gomes Paes
Manaus - Amazonas - Brasil, 67 anos
336 textos (27041 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 07:11)
José Gomes Paes