Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARAFRASEANDO A VIDA - 19

1.
perdoar ofensas é costurar sabedorias para manter firme e forte o tecido da vida vivo!

2.
nossa vida é uma colcha de retalho que vai se desfiando conforme o tempo permite

3.
as linhas das mãos sao todas diferentes e sempre nos leva para o re(começo)

4.
a morte  é um novelo tricotando nossa mortalha que irá nos cobrir quando chegar a nossa hora.

5.
sonhos costurados  são sempre rasgados quando passado pela tesoura da realidade.

6.
guarde na gaveta do tempo o amortecido que voce costurou com a linha da sua sabedoria

7.
temos agulha e linha que chega até o céu,mas falta alguém que costure as nossas vidas num tecido só.

8.
um fiozinho de nada é o que somos no tecido universal da vida.

9.
abriu a mão e consultou todas as linhas e percebeu que elas o levava para caminhos diferentes.

10.
a esperança ainda é o único fiozinho que sustém a nossa vida na terra.

11.
quando uma vida se rasga de vez,nenhuma agulha ou linha acerta o ponto.

12.
costurou sonhos com realidade no mesmo tecido.
até os dias de hoje vive perdido.

13.
jamais permita que um estranho corte abruptamente a linha direta com o seu eu interior.

Joelson Gomes da Silva
Enviado por Joelson Gomes da Silva em 15/04/2020
Reeditado em 16/04/2020
Código do texto: T6917782
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Joelson Gomes da Silva
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 50 anos
976 textos (21878 leituras)
5 e-livros (117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/08/20 01:40)
Joelson Gomes da Silva