Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O LEAO E A ABELHA

    O leão morava na savana, mas gostava de dar ordem em todo o reino animal. Afinal achava-se o mais forte de todos os seres e se considerava um verdadeiro rei.
    Naturalmente todos o obedeciam sem pestanejar. O que ele falava tornava-se lei. Mesmo se a lei não estivesse de acordo com a situação todos obedeciam, pois não eram loucos de enfrentar o rei da floresta e muito menos um rei furioso.
     Na savana vivia também a abelha. E a abelha era tranquila. Cuidava de sua colmeia e fazia seu trabalho com maestria e disciplina. Se era para vigiar a colmeia, vigiava. Se era para alimentar a rainha, alimentava. Isso a tornava um ser admirado por todos.
   Mas, havia o leão. Realmente o leão era o problema. Um problema que enfrentava diariamente.
    Por muitas vezes precisava parar o trabalho para atender uma exigência do leão. E isto estava esgotando a abelha. Por uma certa ocasião foi até chamada a atenção por ter deixado o seu serviço em falta.
    Resolveu, então, tomar uma decisão drástica: um corretivo no leão. Mas como dar um corretivo no leão? Essa era a dúvida. Começou a pensar... Pensar...
     E teve uma ideia: Reunir a colmeia pois, juntos poderiam tomar uma atitude coletiva. Convocou a colmeia.
    - Meus irmãos e companheiros - iniciou - temos um problema nesta floresta - e terminou - um leão que se acha o maioral.
    Todas as demais abelhas concordaram. Estavam estressadas com o leão e o jeito mais fácil de vencê-lo, como consenso geral, era pelo trabalho coletivo: marca maior de sua espécie.
    A abelha ficou responsável por convencer o leão a ir ao encontro. Voou incansavelmente pela floresta até encontrar o leão.
    - Prezado rei da floresta - começou a abelha - precisamos de uma assembleia com o senhor - finalizou.
    - Não tenho o costume de me misturar a gentalha - rugiu o leão insolentemente - mas estou curioso para ver o que abelhas insignificantes podem querer de mim - rugiu mais forte ainda.
    Assim, o encontro ficou marcado para uma tarde ensolarada.
    Chegou o dia. O que o leão não esperava era uma colmeia inteira pronta para o ataque.
     O leão, vendo-se em maus lençóis, abaixou o rabo e saiu em disparada pela floresta.
     Inclusive dizem que, até hoje, o leão continua correndo. Imagine você: de medo das abelhas.

MORAL DA HISTÓRIA: COM O TRABALHO EM EQUIPE É MAIS FÁCIL VENCER OS DESAFIOS.
NEUZA DRUMOND
Enviado por NEUZA DRUMOND em 06/10/2019
Reeditado em 07/10/2019
Código do texto: T6762941
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
NEUZA DRUMOND
Bom Jesus do Amparo - Minas Gerais - Brasil
1017 textos (13727 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/19 11:50)
NEUZA DRUMOND