Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SAPO E O GAVIÃO

   O sapo Deco seguia pela beira do rio em passos curtos, quando ele avistou seu principal inimigo o gavião Cirilo. O gavião pensou rápido, hoje vou comer esse sapo Cirilo  e ficar bem alimentado. O sapo não teve de pensar muitas coias, a não ser planejar sua rota de fuga para dentro da mata e se esconder em meio a mata no meio da grama e tentar ficar invisível diante do Deco.
   O gavião dava cada voo rasante e com seu bico buscava e farejava a presa . O sapo não dava nem um cururu , procurava ficar bem quieto no abrigo. O gavião só pensava na caça e era forte o desejo de encontrar o sapinho e saboreá- lo de uma vez e matar sua fome. Quando o gavião se aproximou e abrir a boca para pega-lo, o sapo deu um salto e se jogou nas águas do rio.
   O gavião deu um voo e foi embora e o sapo comemorou com alegria e aproveitou para tomar um banho, pois fazia muito tempo que não tomava banho. O sapinho só saiu do rio, quando teva a certeza de que o esperto gavião tivesse partido da região onde ele habitava.
   O sapo encontrou uma bela companheira a Rã Kika. que agora vive ao  lado dele e dando muitos sapinhos, pois a final ninguém gosta de viver sozinho. Deco também desfila nos ares com sua gavião fêmea Sofy.
   A família vive de anfíbios vivem em alerta, pois nunca se sabe quando uma família de aves ciconiformes possam surpreender...
Leila Rodrigues
Enviado por Leila Rodrigues em 21/05/2019
Código do texto: T6652737
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Leila Rodrigues
São Paulo - São Paulo - Brasil
441 textos (27019 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 16:15)
Leila Rodrigues