Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentimentos do amor perdido

Você já parou e olhou para essa pessoa em pensamentos? Principalmente quando ela não se encontra perto de você?
Não?! Então para tudo agora o que você está fazendo. Pare agora mesmo! Até de ler estas más linhas traçadas.
Pare tudo!
Sente-se nesta poltrona aconchegante, mas se você não quiser se sentar nesta, pode sentar-se mesmo neste sofá.
Agora, se acomode novamente, esfregue as mãos, feche os seus olhos, respire fundo, e comece a pensar nesta pessoa que você gostaria que estivesse aqui perto de você neste momento.
Suas retinas começam a tremer. Você ainda não está pronta para vê-la. Concentre-se. Deixe os minutos passarem. Sinta-se em paz. Pegue as tuas próprias mãos, esfregue-as suavemente.
Para o amor não existe distância, não tem hora de chegar!
Comece a imaginar agora que a pessoa que você quer ver está se aproximando.
A gente não pode impedir a sua vinda.
Ela vai chegar!
Espere.
Sinta agora uma sensação de aproximação.
Ela chegou.
Ela está parada ao lado da porta de entrada.
Converse com ela agora.
Convide-a para se aproximar.
Estenda as tuas mãos e pegue nas mãos dela.
Sinta tuas mãos segurando-as.
Segure-as firmemente.
Não as deixe escapar das tuas.
Firme seus pensamentos. Ela quer ir embora, seja forte, concentre-se, puxe as mãos dela para perto de você. Há uma calmaria antes das tempestades, o vento bate forte na janela. Não se preocupe, a janela vai bater, não se preocupe, vai ser forte a batida da janela, os vidros se quebrarão, mas não se desconcentre, ela está pertinho de você.
Convide-a para sentar ao seu lado.
Ela não quer!
Puxe-a pelas mãos.
Ela vai sentar. Insista.
A música toca no seu celular e vocês ouvem uma musica linda!
Convide-a para dançar.
A música toca.
Você não pode perder a oportunidade de dançar com ela.
Levante-se, puxe-a pelas mãos, ouça a música.
Convide-a para dançar.
Agarre-a pela cintura, sinta o seu calor.
Ouça a música, comece a dançar, beije-a.
Sinta o passo da dança pela sala, ande depressa!
Viu?!
Ela agora dança confortavelmente com você pela sala.
Ela te segura firme, não a solte.
Ela quer dançar. Se solte. Dance como você nunca imaginou que você soubesse.
Ela é toda sua. Perceba!
A música vai acabar.
Traga-a novamente para o aconchego do silêncio.
Guarde-a sob sete chaves, ela pode ir embora novamente, por isso, permaneça concentrada.
Um minuto parece uma eternidade.
Não se preocupe. Você está só em casa, só com ela.
Chame-a para a janela. Você tem andado muito só ultimamente.
Olhe pela janela, sinta o ar puro, veja as flores ao longe, o campo, os animais pastando.
É uma bela paisagem. Sinta o frescor novamente do ar puro.
Há uma estrada na sua frente.
Saia andando agora por esta estrada. Este caminho é simples, cheio de arvores e pássaros.
O sol brilha intensamente por entre as ramagens. É uma linda cascata. Você para e admira o cair das águas.  As espumas tornam-se borbulhantes ao baterem nas pedras.
Você continua na minha mente. Fale pra ela! Fale!
Eu poderia ter te abraçado muito mais vezes. Fale pra ela! Fale!
Não se demore. Ah! Se eu a fiz sofrer, me desculpe, dê-me mais uma chance. Por favor, fale pra ela.
Eu preciso muito de você! Fale pra ela!
Esta distância me sufoca! Fale pra ela!
Você continua em minha mente. Fale pra ela!
Seus olhos ainda estão fechados, não quero te acordar!
Eu acho que nunca te disse que você me faz muito feliz! Talvez eu nunca tenha te tratado como eu deveria! Talvez eu nunca te tenha amado como você merecia! Eu simplesmente nunca tive tempo pra você, mas eu quero neste momento te fazer um pedido. Por favor, não vá embora.
Fale para mim que o nosso amor não morreu, que ele continua vivo em nossos corações.
Eu não consigo tirar-te dos meus pensamentos! Não me deixe sair dos seus. Por favor, diga-me que ainda me ama.
Não vá chorar, eu preciso ir embora. Estou gritando dentro de mim! Hei! Não posso ir, meu desejo é ficar aqui juntinho de você.
Sua mão amiga acaricia suavemente as minhas.
O que eu vou fazer. Preciso ir. Está ficando tarde.
Diga para mim que você vai voltar.
Há tempo ainda, fique! Alguém me falou algum tempo atrás que você viria e nunca mais iria embora.
Não! Não vá, vai chover, você vai se molhar.
Não! Não posso. Devo ir agora! Estão me chamando!
É hora! Volte para casa! Você está muito distante!
Acorde! Acorde! Ah! Que bom que você voltou!
Acabou a sessão. Foi tudo muito bom. Foi muito bem sucedida.
Você deve retornar na próxima quarta. O seu tratamento é um pouco longo. Você vai ficar boa.
- Tá bom doutor, na quarta retornarei!
AVALCANTARA
17/07/2016
AVALCANTARA
Enviado por AVALCANTARA em 17/07/2016
Reeditado em 23/07/2016
Código do texto: T5700882
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
AVALCANTARA
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
46 textos (3128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 04:54)
AVALCANTARA