Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conversando com um religioso 2

Teísta: Não seria um Deus vingativo, mas um Deus justo conforme essa Bíblia diz. Os cristãos e os Judeus, creem no Deus da Bíblia (para os judeus, apenas o Velho Testamento) e não há como crer em um Deus da Bíblia sem crer na Bíblia, afinal, ela é a única fonte que revela esse Deus. Não dá para dizer que não acredito nos livros de história, mas ao mesmo tempo acreditar na história. Se não cremos no livro, não há como crer no personagem do livro. É melhor dizer que crê em um outro Deus, ser iluminado, espírito evoluído, força do além, energia cósmica etc. Mas como esses outros deuses não criaram regras nem impuseram condição alguma, então eu poderia rejeitá-los também sem sofrer nenhuma consequência. Visto que eles não se revelaram a mim ou disseram qual o seu plano e seu propósito para a raça humana. Enfim, seria contraditório crer no Deus dos cristãos ou judeus. Sem crer no livro que fala Dele.

Eu: Deus justo, se existisse, não mataria crianças, não torturaria crianças, não permitiria que se matem e se torturem crianças. Não há possibilidade de justiça em um deus que permite o sofrimento de crianças!

Teísta: É verdade. Quem Deus acha que é para vir falar de justiça comigo? Logo eu, o homem? Que sei de cor e salteado o que é injustiça? Logo eu que desde que se tem registro, prático toda sorte de injustiça? Quem Deus pensa que é para decidir o que pode e o que não pode, o que é ou não justiça? Só porque eu não tenho capacidade de criar um universo, de criar a vida, de ser eterno, de saber o que cada ser humano pensa e deseja em seu coração? Quem esse deuzinho pensa que é? Aqui não, sou dono de mim mesmo e eu decido por mim. Apesar de eu não conseguir decidir nem se respirarei amanhã. Apesar, de não conseguir dar a vida a um corpo morto. Eu sou mais eu. Esse Deus, não sabe de nada. Uma hora, eu dou uma aula de justiça para Ele.

Eu: Verdade, eu sou um nada, mas se sou criação de deus, então ele e só ele é responsável pelo que sou. Ele me criou assim. E se eu só tenho meu conceito humano para julgar o que é justo e o que não é, isso é porque foi só esse conceito que ele me permitiu ter.

Teísta: "E criou Deus, o homem sua imagem e semelhança", "pois o dia em que comerdes desse fruto, certamente morrerás". Quem conhece a Bíblia, sabe que essa morte não é a morte humana da qual estamos todos fadados. É além disso. Morte na Bíblia significa separação de Deus. É isso que aconteceu com o homem após sua desobediência. Deus nos criou a sua imagem e semelhança, mas Adão resolveu usar seu livre arbítrio e se separar de Deus. Não éramos limitados, nos tornamos limitados. Mesmo assim, Ele está a todo tempo tentando nos fazer lembrar de quem realmente somos. Porém, nós é que tentamos a todo custo mantê-lo no esquecimento.

Eu: Que raio de deus onipotente é esse que "está a todo tempo tentando" e não consegue? Ridículo esse argumento! E ridículo usar a bíblia como argumento para quem não a considera nem um pouco "palavra de deus"....

Teísta: Verdade, para quem não crê. Nenhuma explicação seria plausível. Com exceção da explicação da evolução. Essa sim, faz todo sentido. Aliás, são duas explicações né? A teoria do Big Bang também entra nessa. Dois acontecimentos improváveis e questionáveis demasiadamente. Mas, com credibilidade.

Eu: Você não responde a pergunta que te coloca em cheque, né? Bem como fazem todos... E, para sua informação, a Evolução NÃO é "apenas" uma explicação, e muito menos "improvável e questionável". Nos meios científicos não existe nenhum questionamento quanto a ela, mesmo os cientistas religiosos já aceitaram a evolução como fato faz tempo. Só alguns religiosos que não entendem nada ou entendem muito pouco de ciência é que ainda insistem em duvidar, e mesmo esses só duvidam na teoria, porque na prática entendem muito bem, tanto que sabem por que os antibióticos perdem seu poder, né? E o Big Bang é a melhor explicação que temos até agora, inclusive com evidências muito fortes a comprová-lo. Se você tiver uma teoria melhor e evidências melhores a comprová-la, apresente-os e ficará milionário. Ganhará, inclusive, o Nobel de ciência. Por que será que nenhum cientista cristão fez isso ainda, né?

Teísta: Os que confiam nessa teoria, refutam a existência de Deus dizendo que não há provas de sua existência. Mas confiam cegamente numa teoria (teoria não sei uma prova cabal. Mas sim, uma hipótese mais provável), esquecem a questão do raciocínio para crer nessa teoria. Da mesma maneira que os que dizem crer em Deus, esquecem o raciocínio. Ora, a própria ciência trabalha com probabilidade e sabemos que o sistema solar é um sistema perfeito onde tudo existe com um propósito e está posicionado milimetricamente com um propósito. Não se trata apenas de a terra ter rotação e translação numa velocidade perfeita. Não é somente o peso perfeito da gravidade, não é somente a fórmula da água que é perfeita ou a composição do nosso corpo. Se a lua estivesse um pouquinho acima ou abaixo, o que ocorreria? Todos os astros estão posicionados milimetricamente, seus formatos, sua composição e o que fazem. Exerce função vital a vida na terra. A própria terra é um planeta perfeito. Cada ecossistema, cada estação do ano cada elemento químico existente, cada ser na cadeia alimentar. Tudo tem sua função específica e depende um do outro para existir. No entanto, isso tudo é obra do acaso. Risquem a probabilidade da ciência, e então o Big Bang deixará de ser teoria e será fato.

Eu: Já perdi a conta de quantas vezes ouvi ou li esse argumento do "milimetricamente e com um propósito" Sabia que planetas se chocam com planetas, galáxias se chocam com galáxias, luas caem em seus planetas. E na Terra... que raio de perfeição “para a vida humana” é essa que tem extremos de temperaturas não habitáveis pelos seres humanos? Que tem terremoto, furacão, tzumamis, enchentes, erupção... E, cara, você faz ideia do tamanho do universo? Como bem disse o Lawrence Kraus "O universo é TÃO grande que coisas extremamente raras acontecem o tempo todo". Ou seja, esse seu argumento, diante da imensidão do universo e do tempo que ele existe, é muito fraco, muito fraco mesmo. E você sequer sabe disso! E, por último, não tem nenhum cientista e nenhum ateu razoavelmente inteligente que "acredita cegamente" no Big Bang. Tanto é fato que no momento em que alguém trouxer uma explicação melhor do que essa a gente passa a defender essa explicação melhor sem remorso. Quer estudar ciência de verdade e conseguir isso? Como eu já disse antes, você ganharia o Nobel e ficaria milionário.

Teísta: Em outras palavras; não acreditam em nada mas querem desvendar tudo. Ora, se não tenho certeza de nada, não posso questionar quem tem alguma certeza. Como você mesma disse, o Big Bang não é um consenso, nem tampouco uma certeza mesmo no meio de quem prefere ele ao criacionismo. Então, criacionismo e evolução estão empatados. Nenhum dos dois pode ser ou é comprovado. Só lembrando, que sabemos da existência do universo. Mas não o conhecemos nem tampouco temos como comprovar sua grandeza. Cabe a nós acreditar nos cientistas e no que eles falam sobre ele. Mesmo sabendo que tais cientistas, nunca chegaram nem perto de saber 10% sobre esse universo.
Ainda estamos tentando entender o sistema solar e descobrir se há ou não vida em algum lugar além da terra. Um sistema completo e intrigantemente perfeito e exato para que pudesse existir vida. Mas é apenas um acontecimento raro. Quantos acontecimentos raros em um único sistema né? Que coisa maravilhosa, ainda que a ciência matemática diga que tais probabilidades sejam impossíveis. No caso do Big Bang, ela se torna possível. Por quê? Porque se for para refutar a existência de Deus, qualquer regra pode e deve ser quebrada.

Eu: Cara, quanta inverdade! Um sistema perfeito? Perfeito só se for na opinião dos teístas! Um sistema solar perfeito que se esperaria de um deus perfeito seria, no mínimo, um que tivesse TODOS os planetas em condição de serem habitados, e que em NENHUM deles tivesse terremoto, tsunami, secas, enchentes, erupções e cadeia alimentar. Isso sim seria o perfeito. Nada menos do que isso. E sim! Não acreditamos em nada mas queremos desvendar tudo! Exatamente isso! E o fato de alguém dizer que tem certeza não significa nada para nós se esse alguém não mostrar evidências do que está afirmando!

Teísta: Não é o que a própria ciência diz.

Eu: A ciência diz? Então você só acredita no que "a ciência diz" quando ela concorda com você? Engraçado isso.... Depois sou eu que tenho fé na ciência!

Teísta: Se eu dissesse que não acredito na ciência, teria que me negar a tomar remédio ou ir ao médico, também não teria me formado em engenharia elétrica. Não faria sentido. Nós os cristãos, somos loucos mesmo. Não estranhe.

Eu: É, tô vendo!



Divina de Jesus Scarpim
Enviado por Divina de Jesus Scarpim em 06/10/2017
Código do texto: T6135102
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Divina de Jesus Scarpim
São Paulo - São Paulo - Brasil, 58 anos
504 textos (96818 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 15:41)
Divina de Jesus Scarpim