Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vida e democracia

Penso que dois grandes valores devem ser afirmados nessa eleição: a vida e a democracia. A primeira, por ser a base de tudo. Sem ela, é o fim. A segunda, por a democracia permitir o exercicio da liberdade e da cidadania.

Uma outra questão importante, que anda lado a lado com a vida e a democracia, é a da igualdade. Essa vejo como já totalmente comprometida no curto e no médio prazo, no que se refere a igualdade econômica. As reformas liberais efetivadas nos dois últimos governos (terceirização, PEC do Congelamento, reforma trabalhista e reforma da Previdência) a liquidaram e estão a render seus frutos, numa realidade onde o desemprego estrutural tecnológico será o tiro de misericórdia na empregabilidade das novas gerações.

Contudo, para lutar por igualdade econômica (e demais tipos de igualdade) a pessoa tem de estar viva e apta a exercer sua cidadania num regime democrático. E hoje estamos vendo a fragilização do Sistema Único de Saúde - SUS, por um lado (determinada pela PEC do Congelamento), e uma necropolítica de cunho fundamentalista neoliberal a secundarizar a vida, por outro, efetivando um enfrentamento ineficaz e agravante em relação a pandemia. E, da mesma forma, nossa democracia vem sendo fragilizada via ataques de setores de extrema-direita as instituições - as ações contra o Supremo Tribunal Federal (STF) são emblemáticas. A democracia interna e a autonomia de nossas universidades está sendo desrespeitada. Além dos ecos autoritários de movimentos como o "Intervenção Militar Já", figuras políticas civis e militares do governo federal fazem declarações no mínimo estranhas ao estado democrático de direito, dirigidas ao STF e ao Congresso Nacional. A tal reunião ministerial gravada, antes da saída do ministro Sérgio Moro, foi um festival dos horrores, nesse sentido.

Assim, vejo que nessas eleições, sobretudo nas capitais e nas grandes cidades, o que estará em jogo será a afirmação da vida, via a defesa de uma economia humanizada, e a afirmação da democracia, pelo compromisso claro com o estado democrático de direito e suas instituições. Cada cidade será um espaço dessa luta, nos executivos e legislativos. Cada voto conta.
João Adolfo Guerreiro
Enviado por João Adolfo Guerreiro em 17/10/2020
Reeditado em 17/10/2020
Código do texto: T7089861
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
João Adolfo Guerreiro
Charqueadas - Rio Grande do Sul - Brasil, 52 anos
973 textos (165004 leituras)
83 áudios (14078 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/10/20 04:57)
João Adolfo Guerreiro

Site do Escritor