Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto





 
A Estrela Guiomar (Guia do Mar)


                     Lá no alto, bem lá no alto...
                     Lá no firmamento...
                     hoje brilha uma estrela,
                     uma linda estrela,
                     de primeira grandeza.
                     uma estrela cor-de-mãe,
                     a estrela Guia-do-Mar.

              Lá no alto, bem lá no alto...
              Lá no firmamento...
              resplandece a luz,
              da mais linda estrela,
              de infinita pureza.
              a estrela amor-de-mãe,
              cujo nome é Guiomar.



Post Scriptum
 
 
Nesse 21 de fevereiro, minha mãe querida faria 89 anos, se vida tivesse. Assim, posto mais uma vez o poema feito há anos, em que desnudo o amor, a saudade e a admiração, que tenho por ela – a educadora Maria Guiomar Viana de Carvalho... estrela linda que habita, lá, na imensidão do céu.

Com o nome de batismo Maria Guiomar Viana do Nascimento, nasceu na pequena cidade de Pio IX, região da Cachoeira. Filha primogênita de Maria Darica do Nascimento Viana e de Francisco Luís Viana... entre as mulheres da terrinha natal, foi a pioneira ao sair pra estudar na capital. 

Era apenas uma menina, quando, no lombo de um cavalo, embarcou com destino à cidade de Picos, numa viagem que demorou três difíceis e cansativos dias.  Depois, já na boléia dum "pau-de-arara", aos solavancos, atravessou buracos, areais e atoleiros da sinuosa estrada. Foram mais cinco noite e dias, até, finalmente chegar à longínqua Teresina.

Tinha na cabeça e no coração um objetivo: formar-se em pedagogia. Após, voltar para ajudar na construção da educação de Pio IX. Não queria que outras passassem pelas mesmas dificuldades que ela.

Em Teresina, estudou na Escola Técnica de Comércio do Leão XIII, instituição fundada e dirigida pelo saudoso professor Moacir Madeira Campos – que se tornou referência no Piauí, preparando alunos para seguir diversos caminhos: médicos, políticos, advogados, engenheiros, empresários...

A menina estudou com afinco. Logo se tornou a primeira da classe; depois, de todo o colégio. Como reconhecimento, o diretor lhe convidou para trabalhar na secretaria acadêmica – maneira de garantir o pagamento das mensalidades escolares e a própria sobrevivência.

Já ambientada à Teresina, com alguns colegas de geração, Guiomar Viana criou o "Grupo de Teatro e Artes Cênicas de Teresina", transpondo barreiras e preconceitos nas chamadas "famílias de bem"... situação atípica para moças respeitáveis, naquela época.

Alguns anos após, conheceu e se casou com Tarso Rodrigues de Carvalho – filho de Adália Maria Reis de Carvalho e Antônio Rodrigues de Carvalho (conhecido como Antonino Antão da Canabrava).

Tarso... era um jovem jaicoense (PI), vindo do Rio de Janeiro para implantar a previdência social dos comerciários em Teresina. A aliança entre ambos foi tão feliz e frutífera, que nasceram três filhos, 11 netos e 09 bisnetos.

Passados alguns anos, como o marido quis abraçar a causa pública, Guiomar Viana (agora também "Carvalho") se tornou verdadeira assistente social, sendo sua principal eleitora: foram 24 anos como vereador de Teresina; 02 vezes o mais votado e 03, presidente da Câmara Municipal.

A residência do casal se transformou em albergue para familiares e conterrâneos de Pio IX e de Jaicós, que vinham em busca de serviços médicos, fazer compras ou estudar na capital piauiense.

Não raras vezes, as famílias recomendavam que Guiomar e Tarso "cuidassem" dos seus filhos. Confesso... envaidecido, que já ouvi muitos depoimentos de pessoas acolhidas e ajudadas pelos meus pais!

Como reconhecimento dessas ações e de outras tantas, sempre pautadas pela generosidade e espírito cristão, através da Prefeitura Municipal de Teresina, a cidade presta merecidas homenagens a ambos: 01 rua e 01 posto de saúde com o nome "Professora Maria Guiomar Viana de Carvalho"; e 01 rua e 01 praça, cujo nome é "Vereador Tarso Rodrigues de Carvalho".

E... mesmo com todo o reconhecimento público aos meus pais, a homenagem maior é a dada por Deus: "Hoje são 02 estrelas lindas, cintilantes, brilhando no céu e iluminando a vida de minha família!"



 
Aluízio A C Amorim e Antônio Carvalho Neto
Enviado por Aluízio A C Amorim em 09/05/2020
Reeditado em 30/07/2020
Código do texto: T6941830
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Aluízio A C Amorim
Teresina - Piauí - Brasil
150 textos (43691 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 21:59)
Aluízio A C Amorim