Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Serei eu tão importante?

Em tempos de internet todos são especialistas em tudo, qualquer um pode ser médico, advogado, engenheiro, filósofo, economista e o que o for, todo mundo pode dar pitaco sobre tudo, isso é tão cômico quanto absurdo. Um ser que se exibe como um especialista em algo e regurgita informações fraudulentas em cima de um discurso meia boca para impressionar pessoas que ele talvez nunca veja na vida, esse é o perfil do internauta brasileiro.

Um indivíduo que dá pena de ver, vive provavelmente uma vida não correspondente com suas expectativas e cria um mundo própria dentro do mundo virtual para curar a ferida da insatisfação que o incomoda, ou melhor, tentar curar, porque esse tipo de atitude funcio
na como um anestésico, ela te dá uma impressão de que você é capaz de debater sobre qualquer assunto, quando na verdade não é, ou seja, você tomou anestesia mas não suturou o ferimento: mesmo que nada!

Aceitar a nossa ignorância em relação a infinidade de assuntos da nossa vida é um passo de sabedoria, é evitar a humilhação e mais do que isso, é não alimentar a burrice. Veja quantos imbecis na internet ligam um câmera e falam asneiras como teorias anti-vacina ou que há um plano para transformar o mundo em uma ditadura socialista, ou então, enaltecem teoria furadas como a economia marxista que não funcionou (mas deve ser estudada da mesma forma pelos economistas e financistas, afinal ela fez parte da história), e com suas frases de efeito hipnotizam a população e criam uma nação de idiotas.

E pensar que todo esse caos começa com essa gente que não se coloca em seu lugar e aceita a sua ignorância perante os assuntos que não domina.

Ninguém é capaz de saber de tudo, aceite e viva feliz com isso.

Mas isto não significa que você deva parar de estudar, NÃO!

O conhecimento traz dádivas para a nossa vida, seja na parte emocional, física ou financeira, ele faz bem e é essencial para a nossa existência, apenas não devemos abusar dele, porque assim como muitas coisas em nossa mundo, ele pode nos levar a loucura, assim como a total falta dele nos leva a alienação (na qual somos guiados por outros, não sei você, mas não confiaria a minha vida dessa forma a alguém).

Pequeno moço
Enviado por Pequeno moço em 06/11/2019
Código do texto: T6788624
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Pequeno moço
Sobral - Ceará - Brasil, 20 anos
378 textos (5232 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/11/20 23:42)