Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Verdadeiro Amor.

Deitei a minha cabeça no travesseiro. Noite quente, o verão no auge.
Senti a brisa do vento suave pela janela e tive uma sensação de bem estar indescritível.
Foi então, que entendi o que é felicidade. Lembrei do nosso dia, nossas risadas e bobeiras. Percebi o quanto estava feliz e como aquele dia tinha sido bom. Tudo documentado em fotos e até vídeos, mas esses momentos são muito especiais... muito nosso para expor... é  muito íntimo... é pessoal... e estou falando de sorrisos, de olhares. Talvez só quem tenha o coração puro possa entender isso.
A questão é que nessa noite, entendi o sentido da verdadeira felicidade... é algo tão simples, que algumas pessoas perdem tempo e dinheiro, às vezes até a vida para tentar encontrá-la.
SER FELIZ É TER PAZ!
Sou muito grata por ter esse sentimento tão nobre, que hoje posso chamar de AMOR.
Ana Helena Saturnino
Enviado por Ana Helena Saturnino em 24/01/2019
Reeditado em 01/08/2019
Código do texto: T6558541
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Ana Helena Saturnino
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
10 textos (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 10:36)
Ana Helena Saturnino