Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não vivo sem minha aliança

Pode parecer bobo ou banal, mas eu não fico bem sem a minha aliança.
Estou casado há pouco mais de 6 anos e minha aliança se tornou parte de mim. Vejo como símbolo do meu casamento. Ficar sem ela me dá uma sensação de vazio, de falta.
Tenho um cuidado enorme com ela. Desde o começo do casamento, qualquer atividade que eu fosse fazer que poderia suja-la ou danifica-la no mínimo que fosse, eu a retirava e colocava em algum lugar seguro (claro que em atividades dentro de casa, na rua eu não tiro de jeito nenhum), mas de vez em quando eu esquecia onde colocava e isso já me deixava em pânico. Não demorava muito pra achar, mas o coração demorava pra se acalmar.
Até que um dia, mais ou menos 1 ano atrás, meu filho Estevão pegou e eu não vi. Retirei pra fazer algo, coloquei na mesa do computador e quando voltei não estava lá. Fiquei em pânico. Só encontrei no dia seguinte, mais de 24 horas depois. Chorei várias vezes de nervoso durante esse tempo. E no fim das contas ele havia escondido debaixo do armário.
Tive que ir na rua sem ela e senti uma vergonha enorme. Não sei descrever. É como eu disse no início, pode parecer bobo, mas minha aliança pra mim é uma parte do corpo, é algo muito mais que simbólico.
Minha aliança é diferente do normal. Normalmente a aliança vem com o nome do marido ou da esposa, mas resolvemos fazer diferente. Tanto a minha aliança, quanto a aliança da minha esposa tem o nome dos dois e a data do começo do namoro.
Depois desse caso eu não retiro mais pra nada. Mesmo que tenha algum pequeno dano é melhor que sentir de novo o que senti.
Minha aliança é a representação em ouro, a representação material do meu amor pela minha esposa, um amor enorme que não cabe no peito  e segue pra aliança.
Te amo meu amor. Minha Thamara. Minha mulher de Leão. E essa aliança sempre estará no meu dedo pra mostrar isso pro mundo.
Jean Michel Araujo
Enviado por Jean Michel Araujo em 24/04/2018
Reeditado em 24/04/2018
Código do texto: T6317626
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Jean Michel Araujo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
176 textos (23372 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 18:40)
Jean Michel Araujo