Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHO DE PROFESSOR

Era um sonho! Não, aquilo era um pesadelo!
Estava quase a ser devorado pelas mandíbulas de um jacaré quando consegui me safar agarrando um cipó. Mas não era cipó; era a cauda de uma cobra. Num impulso, consegui pular quando ela tentava dar o bote. Ao pular, caí num pasto onde um boi, de chifres pontiagudos, riscava o capim com as patas e partiu veloz em minha direção. Correndo, cheguei até a cerca e pulei para a estrada. No pulo, quase deixei meus fundilhos no arame farpado. Então, já na estrada, uma carreta desgovernada vinha em minha direção, no desespero, entrei no primeiro portão que encontrei. Não era uma casa qualquer, era um a casa protegida por dois rottweller, que corriam babando em minha direção. No momento em que eu ía pular o muro, minha mãe me acordou:
“Filho, acorde! Vai prá escola!”
“Eu não quero ir hoje, mãe!”
“Mas você é o professor, meu filho!”
“Tá bom! Que dia é hoje??”
“Hoje é quinta-feira!”
Eu pensei, ainda sonolento:
“Quinta-feira, quinta aula, quinto ano D!”
Virei para o lado e tentei pegar no sono de novo!
Vai que eu consiga continuar aquele meu sonho...
Jonas De Antino
Enviado por Jonas De Antino em 18/12/2017
Código do texto: T6201774
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jonas De Antino
Cajati - São Paulo - Brasil, 53 anos
667 textos (10014 leituras)
5 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/09/19 09:53)
Jonas De Antino