Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Veja-se jovem

Aos sessenta
procure enxergar no espelho
a beleza própria dessa idade
para quem nela chega com saúde, vigor
e com uma vida cheia de realizações.

Procure enxergar mais:
a estória que há nessas rugas...
A beleza que há na barriga...Nos cabelos brancos...
O teu ego não deve se deter na tua aparência física.
O teu ego deve gritar
que és um homem de alma linda,
que essa alma é valente, destemida e guerreira.
Que essa alma é também doce e amorosa...
É alma de poeta... Que com  esses atributos
e habitando no teu corpo de sessenta,
te tornas jovem, cheio de vida,
e ainda capaz de conquistar grandes proezas...
Capaz de conquistar e manter
o amor das pessoas...
Esse corpo com rugas, barriga, cabelos grisalhos
e com tudo o que a vida acumulou nele
nesses sessenta
foi curtido no amor e na seriedade ao longo do tempo.


Eligio Moura
Enviado por Eligio Moura em 07/12/2017
Reeditado em 07/12/2017
Código do texto: T6192542
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eligio Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
515 textos (11173 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 02:16)
Eligio Moura