Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem faz o lugar?

Não tem como fugir a esta simples regra da vida. Quem faz o lugar não são as pessoas?
Então por que ES tão difícil assim conviver em uma sociedade? Uma simples pergunta nos faz refletir sobre a vida e tudo que ela representa para nos seres humanos.
O que falta? O que deixamos de fazer? O porquê a convivência entre as demais pessoas se tornou assim tão árdua?
Lembro -me de uma antiga história de um velho sábio e o estrangeiro que é mais ou menos assim:
O velho sábio morava em uma pequena cidade onde sua casa ficava justo na entrada da cidade. E como todo desconhecido ou recém chegado na cidade ia até a sua residência e perguntava como eram as pessoas dessa cidade.
Um dia um jovem estrangeiro recém chegado foi a sua residência e perguntou; como eram as pessoas daquela cidade?
O velho sábio com sua grande experiência pensativo olhou bem nos olhos daquele jovem estrangeiro que lhe perguntou:
Antes me diga como são as pessoas da sua antiga cidade?
O estrangeiro lhe respondeu:
Nunca mais quero voltar para aquele lugar de pessoas mesquinhas, infelizes, trapaceiros, invejosos, e muito, muito incompetentes!
Então o velho sábio lhe respondeu:
Aqui é igualzinho a sua cidade, você não encontrara pessoas diferentes!
Passaram - se alguns meses. Apareceu outro estrangeiro naquela cidade e foi a sua residência e novamente fez a mesma pergunta:
Como eram as pessoas dessa cidade?
O velho sábio com sua grande experiência pensativo bem nos olhos desse estrangeiro e lhe perguntou:
Antes me diga como são as pessoas da sua antiga cidade?
Então o estrangeiro com brilho nos olhos um sorriso em teu rosto lhe disse: Na minha antiga cidade as pessoas são maravilhosas, fiz muitos amigos por lá, são pessoas acolhedoras, batalhadoras, que só visam o bem das outras pessoas.
Então o velho sábio lhe respondeu:
Aqui é igualzinho a sua cidade, você não encontrará pessoas diferentes!
Então o estrangeiro com sorriso no olhar, levantou os braços ergueu a cabeça e disse: Graça a Deus senhor tu me abençoastes novamente pra onde quer que eu vá.
Sandro Sansão
Enviado por Sandro Sansão em 07/07/2009
Reeditado em 18/10/2010
Código do texto: T1686620
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sandro Sansão
Miracatu - São Paulo - Brasil
893 textos (36794 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 03:32)
Sandro Sansão