Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


O BURACO É MAIS EMBAIXO

Escute bem seu doutor,
Eu nasci cá no nordeste,
Portanto, saiba que eu sou,
Paraíba cabra da peste!

Não sou de fugir do jogo,
Tampouco mijar na calça,
Da fogueira eu sou o fogo,
Queimo sem fazer fumaça!

Meça as palavras que diz,
No sertão de cabra macho,
O pau é grosso e tem raiz,
E o buraco é mais embaixo!

Por favor, vá-se embora,
Não é hora de brincar,
Devolva a minha viola
Que eu preciso trabalhar!

Não se brinca com paraíba,
Trate-o com educação,
Senão ele vai pra riba,
Essa é a lei cá do sertão!

Autor desconhecido.
Antonio Galdino
Enviado por Antonio Galdino em 18/08/2019
Reeditado em 25/08/2019
Código do texto: T6723510
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Galdino
Barreiras - Bahia - Brasil
1179 textos (65582 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 12:05)
Antonio Galdino

Site do Escritor