Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CATAÚCHAS : FAMA DE GUAMPUDO.

HOJE ESTOU DESABAFANDO
POIS JÁ NÃO AGUENTO MAIS
LEMBRAR QUE A UNS ANOS ATRÁS
LINDA PRENDA EU NAMORAVA
POR ELE EU MORRIA EU MATAVA
MAS ELA MULHER MATREIRA
O TIPO DE CHINA LIGEIRA
NA CHINCHA ME CARREGAVA

ME FAZIA DE GATO E SAPATO
E EU CADA VÊS MAIS APAIXONADO
FIQUEI CEGO, SURDO, E ALEIJADO.
COM MEU CIUME MORTAL
DAQUELE ROSTO ANGELICAL
QUE ME GUAMPEAVA SEGUIDO
MAS EU CEGO BURRO, DISTRAÍDO.
ACHAVA AQUILO NORMAL

ELA DIZIA EU TE AMO
NÃO FIQUE DESCONFIADO
SE O MEU BATOM TA BORRADO
É DEVIDO AO TEMPO QUENTE
POIS SOU UMA CHINA DECENTE
O CABRA QUE TU VIU COMIGO
ERA APENAS MEU AMIGO
GUAPO MUITO BUENA GENTE

O SEU NOME É RICARDÃO
POR PÉ DE PANO CONHECIDO
UM GUAPO MUITO QUERIDO
POR ESSE VELHO RINCÃO
MOTORISTA DE CAMINHÃO
MOÇO FINO MUITO EDUCADO
POR ISSO LHE FAÇO UNS AGRADO
MAS NÃO PASSA DISSO NÃO

ACREDITEI NA MALVADA
E POR ELA FUI CONVENCIDO
QUE NÃO ESTAVA SENDO TRAÍDO
E ATÉ ME DEU UM VIOLÃO
E COM CONFIANÇA E INSPIRAÇÃO
NÃO IMPORTAVA A DATA
LHE FAZIA SERENATA
ABRAÇADO AO RICARDÃO

CASEI FUI MORAR COM ELA
VEJA O QUE ME ACONTECEU
A COISA QUE MAIS ME DOEU
QUE ME DEIXOU O PEITO FERIDO
FOI QUANDO UM ÍNDIO CONHECIDO
AO VER ELA PASSAR NA RUA
DISSE TAS VENDO A PERUA?
POIS DIZ QUE TEM DOIS MARIDO

UM É UM LOCO DE FORA
O OUTRO É O RICARDÃO
QUE COME DORME IGUAL LEÃO
E O LOCO NÃO NOTA NADA
MEU DEUS QUE TRISTEZA DANADA
NÃO SEI COMO ACONTECEU
MAS O TAL DE LOCO ERA EU
QUE CAIU NUMA ENRASCADA

E FORAM VIVER JUNTITOS
ENQUANTO EU BEBIA CACHAÇA
VIVIA EM PLENA DESGRAÇA
COM AQUELA SITUAÇÃO
DOÍA O MEU CORAÇÃO
AO SABER QUE FUI ENGANADO
E AINDA FUI CONDENADO
A LHES PAGAR UMA PENSÃO

MAS EU NÃO DEIXEI BARATO
JÁ PREPAREI A VINGANÇA
PROCUREI UMA PAGELANÇA
JÁ DEI UM JEITO NO GUAPO
COSTUREI A BOCA DE UM SAPO
COM AS SUAS FOTOGRAFIAS
ELE MORREU EM POUCOS DIAS
E A CHINA VOLTOU PRO PAPO

ENTÃO FUI EMBORA DALI
PRA MORAR EM OUTRO PAGO
AQUELE MATE FOI AMARGO
QUERO ACABAR COM ISSO TUDO
ENFIM TROCANDO EM MIÚDO
O QUE MAIS QUERO NESSA LIDA
É APAGAR DA MINHA VIDA
ESSA PECHA DE GUAMPUDO

              FIM






Pedrão dos Cordeis
Enviado por Pedrão dos Cordeis em 20/05/2019
Reeditado em 21/05/2019
Código do texto: T6651688
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedrão dos Cordeis
Araquari - Santa Catarina - Brasil
39 textos (1979 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/06/19 08:47)
Pedrão dos Cordeis