Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PERFUME DO MEU PRIMEIRO AMOR

Deus plantou no jardim da minha vida
Entre as rosas sublimes uma mais bela
Me pediu para amá-la e cuidar dela
Entre todas foi ela a mais querida
Lhe fiz jura de amor e foi cumprida
Mas perdi seu abraço e seu calor
Eu retrato a saudade nesta dor
Num poema que fiz pra minha amada
Inda sinto na curva dessa estada
O perfume do meu primeiro amor.

Na jornada que sigo eu caminhando
Cada passo que dou  me lembro dela
Ao olhar a paisagem na janela
Vejo flores em lembranças esvoaçando
A saudade que chega galopando
Vem trazer a notícia e se propor
A levar a mensagem quando for
Ao destino onde mora minha amada
Inda sinto na curva dessa estada
O perfume do meu primeiro amor.

Quando o dia renasce eu sigo a vida
Na vereda traçada do destino
Agradeço ao bom Deus e canto um hino
No jardim eu começo a minha lida
Minha rosa primícia foi colhida
Pelo forte querer do Criador
E no céu no jardim o seu olor
Foi deixar cada flor mais perfumada
Inda sinto na curva dessa estada
O perfume do meu primeiro amor.

Mote: José Pedro
Glosa: Thiago Alves
A Arte de Thiago Alves
Enviado por A Arte de Thiago Alves em 09/07/2018
Reeditado em 14/03/2019
Código do texto: T6385818
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
A Arte de Thiago Alves
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
193 textos (14125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/19 12:11)
A Arte de Thiago Alves

Site do Escritor