Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma Gêmia

 Fazia minha caminhada da tarde,  e enquanto a ventania cantava em meus ouvidos, o vi logo ali na frente no meio da encruzilhada, não era um demônio, mas também não era um espirito comum , com todo o seu esplendor era um anjo!
Me aproximei e vi que tinha formas femininas , era loira e tinha seios farteis. Perguntei:
-  O que fazes  aqui? Ninguém a chamou , e quem é você?
Ela respondeu:
- Eu sou você, ou melhor represento você, a sua outra metade , o você feminino, e eu quero te mostrar ou melhor dar o que pra você nunca antes foi conhecido , eu sou sua alma gêmea!
- Como assim? Minha alma gêmea? ... Você é um anjo!
-Quando um bebê nasce, metade de sua alma fica no plano espiritual de onde ele veio, e no momento oportuno, ela se mostra a sua alma gêmea.
-Me de sua mão?
Quando estendi minha mão a ela , ela me conduziu a uma dança, começou a ventar e uma corrente de ar trouxe pétalas que vieram de uma praça do lado, se formaram redemoinhos em volta da gente... Era como se estivéssemos dançando no ritmo do vento...
"Eu sou você" sussurrou nos meus ouvidos ... Depois de dizer isso , ela se inclinou para me beijar.... E quando acabamos de se beijar , não a senti mais em meus braços, ela havia sumido.
Atordoado, e muito confuso com o que acabara de acontecer , voltava para casa,  e quando passava por uma praça , fui surpreendido com uma mulher chorando em dos bancos , em suas mãos uma guia de cachorro.
- Ei moça, o que houve ?
Quando ela olhou para cima , me surpreendi com tamanha beleza idêntica ao do anjo em que acabara de conversar.
- Acabei de perder meu cachorro... Pode me ajudar a encontra - lo ?
-Ma...Mas é claro...A propósito,  como você se chama ?
-Me chamo almah.
Gabriel Dilser
Enviado por Gabriel Dilser em 28/06/2019
Código do texto: T6683425
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Gabriel Dilser
São Paulo - São Paulo - Brasil, 23 anos
91 textos (2272 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/19 06:48)
Gabriel Dilser