Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um ônibus em perseguição

   Uma sociedade entre sócios estava prestes a
 terminar,uma quebra de confiança entre o sócio Klin e o empresário Jackle . A ambição por um milhão de reais,que colocou a vida de dezenas de pessoas em perigo.Que utilizavam-se do transporte público para o trabalho na capital baiana de  Salvador.Klin chega na empresa e logo dirige- lhe as saudações ao empresário Jackle, bom dia senhor Jackle dirigiu Klin as palavras como vai o sr ? Jackle andando já desconfiado de certas atitudes de Klin olhou friamente e rebatou lhe as palavras severas de um grosso bom dia. Por onde o senhor tem andado por  este tempo todo por acaso não sabestes, que esta é uma empresa séria e não um hospital, que deve ficar no entre e sai. Jackle dirigiu-lhe estas duras palavras ao seu sócio pilantra. Klin por sua vez não teve nem como se explicar, já estava mais enrolado do que serpente numa árvore. Só restou-lhe foi recuar e ouvir as duras broncas do seu empresário ao qual tinha uma sociedade mafiada. Neste meio tempo Klin retornou  para sua sala e não perdeu tempo para tramar suas picaretagem, enquanto Jackle na sua sala pegou-lhe o telefone para fazer uma ligação anônima, era pra ser anônima algo que ele não esperava foi ter sua linha telefônica também fraudada por Klin .Mesmo sem saber de nada Jackle acabou revelando a sua suposta ida  para o interior do estado na qual levaria a quantia de um milhão de reais infiltrado discretamente num ônibus. Toda a conversa foi escutada por Klin , este não perdeu tempo para entrar em ação, saiu às pressas da sua sala para se encontrar com um grupo de bandidos de uma facção criminosa do estado, Klim era um conhecido entre os caras no mundo do crime, um charlatão envolvido no tráfico, prostituição de menores e roubos , era na verdade um sócio encubado do seu empresário sócio Jackle. O trato entres eles foram acordado para perseguir o ônibus em que estaria uma quantia milionária, seria a corrida por um milhão de reais. Metade do dinheiro seria dividido entre Klin e os bandidos.Mas Klin mal esperava a astúcia do seu sócio, Jackle não era nada de idiota de levar uma quantia dessa no ônibus sem ter alguns segurança disfarçado no ônibus. E também não deixaria de comunicar a polícia de algumas suspeitas do seu sócio está envolvido em facções. A sua infiltragem no ônibus foi só uma forma de dispistar e ao mesmo tempo acabou sendo lhe útil. Uma ação criminosa estaria por acontecer entraria em cena uma das policias específica mais respeitada da Bahia,que por onde passa o baiano tira o chapéu de respeito.O dia chegou em que Jackle se dirigiu ao ônibus juntamente com dois segurança armados e disfarçado de cidadão comum. A Rondesp já estava por dentro de toda a situação o bicho vai pegar a partir de agora...Rondesp preparada, com toda uma estruturada organizada,seguiu Jackle com a sua quantia milionária e a vida de pessoas estava em jogo,o ônibus partiu da capital baiana com trajetos pelas rodovias do interior do estado. Disparo é deflagrados em direção do ônibus para renderem-lhes , o motorista pisa fundo no acelerador e os bandidos continua atirando nos pneus,e no vidro traseiro,o motorista insiste a fulga sem saber o porque de tudo aquilo ,as pessoas se apavora tornando um verdadeiro terror dentro do ônibus. Jackle e os segurança só podia se manter na calma ,pois os seguranças não podia reagir para um grupo de cinco meliantes e colocar a vida das pessoas em riscos.Só restava rezar e pedir a chegada da Rondesp o mais rápido possível, ouve se o barulho de sirene os bandidos se desespera e tenta parar o ônibus atirando nos pneus, a viatura da polícia se aproxima atirando também, até que o ônibus foi obrigado a parar , há uns vinte metros de distância vem a viatura da Rondesp.Enquanto o ônibus parou um bandido entrou no ônibus e foi surpreendido pelos dois seguranças que o mataram. Os outros foram pegos mais adiante e confessaram o mandante do crime e que o mesmo já estava prestes a fugir para o exterior. A Rondesp volta a empresa de Jackle e encontra Klin saqueando alguns objetos da empresa para fugir, pois o mesmo ficou sendo avisado na fuga pelos bandidos da atuação da polícia e Klin foi preso em flagrante.
ADAILTHON THEXEIRA
Enviado por ADAILTHON THEXEIRA em 13/10/2019
Reeditado em 14/10/2019
Código do texto: T6768286
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ADAILTHON THEXEIRA
Muritiba - Bahia - Brasil, 26 anos
144 textos (5839 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 17:45)
ADAILTHON THEXEIRA