Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EXTINÇÃO - Parte VI

 EXTINÇÃO - Parte VI
                                                                    VI
                                    UM ANJO - VAMPIRO E AS HIENAS

   Bastian conseguiu jogar o corpo do vampiro para o lado, ele estava morto,- transfixado por uma espada no lugar onde um dia bateu um coração. O rapaz continuava deitado no chão, enquanto de pé na sua frente uma figura sinistra o encarava fixamente. Usando um capuz que mantinha sua identidade no anonimato, o salvador de Bastian portava uma espada na mão direita e segurava duas hienas presas por coleiras e correntes grossas.
   A cena era no mínimo bizarra para não dizer outra coisa. Bastian tentou agradecer a misteriosa pessoa por trás do capuz, mas essa lhe deu as costas sem esboçar nenhuma reação. O rapaz resolveu então ir atrás de seu salvador, quando esse se voltou para ele e apontando a espada na direção do seu pescoço mandou o mesmo seguir seu caminho sozinho. Foi então que Bastian pôde notar que a pessoa que o salvou era uma mulher.
   Ela tirou o capuz que cobria seu rosto e se revelou!
   Bastian ficou encantado quando viu a face da pessoa que o salvou, ela era incrivelmente linda e parecia ter a mesma idade dele. Com olhos amarelos, uma pele pálida e cabelos tão negros quanto a escuridão, a jovem vampira parecia uma pintura congelada no tempo. O rapaz tentava a todo custo ficar íntimo da jovem, mas essa me mostrava irredutível, até que depois de tanta insistência resolveu ceder.
   Andando lado a lado por ruas desertas e silenciosas, Bastian ia pouco a pouco sabendo detalhes da vida de sua nova amiga. O nome dela era Helena e a mesma vivia com outros vampiros em uma espécie de comunidade apelidada de "Colônia". Lá eles aprenderam a fabricar seu próprio alimento: sangue cultivado artificialmente. Então não precisariam matar outros da sua espécie para se alimentarem. As hienas haviam sido domesticadas e eram usadas para fazer a proteção do lugar de possíveis invasores.
   Tudo aquilo deixou Bastian fascinado, um lugar onde podia se viver em segurança e não era preciso matar ninguém para ter o que comer. Ele estava mais do que decidido de que queria viver nesse lugar, nessa "Colônia".

Continua...
Johnathan King
Enviado por Johnathan King em 11/09/2019
Código do texto: T6742523
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Johnathan King
Teresina - Piauí - Brasil, 35 anos
79 textos (6862 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 19:14)
Johnathan King