Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Plantação de gente

Rafael pulou para fora do enorme buraco lamacento que havia feito.Olhou por alguns instantes a cratera negra e então caminhou para o carro.Abriu o porta-malas tirando de dentro um saco de estopa que se mexia com sons gritados.Rafael olhou o saco com indiferença, abriu as amarras e o chutou para dentro do buraco com desprezo.
Não demorou muito para que de dentro do saco saisse uma jovem, chorando e implorando ela tentava escalar o buraco.Rafael no entanto sabia que tudo seria em vão, a terra lamacenta só a prenderia mais,era a mesma coisa quando ele matava formigas quando criança.
Pegando a pá ele começou a jogar terra barrenta no buraco, indiferente aos gritos da moça, indiferente a seu choro, sem qualquer reação a nada.
A terra ia se acumulando, a jovem lutava atolando braços e pernas na lama escura,seus musculos batidos doiam terrivelmente, o cansaço tomava sua cabeça,sua suplicas ficavam menos veementes.Apenas chorava vendo seu algoz impassivel.
Por fim Rafael terminou,alisou a terra da superficie com a pá,era questão de esperar.Cansado,ele notou que chovia.Deixou para o dia seguinte a abertura do outro buraco,a moça ja estava la a uma semana,era hora de abrir seu cadaver e plantar as sementes.
Jogando a pá no porta-malas Rafael entrou no carro,no dia seguinte prepararia as semente e podaria as macieiras.Cada uma de suas lindas macieiras tivera origem do corpo de uma moça, adubo natural, fertilizante que não falhava.Não era a toa que Rafael era considerado o melhor produtor de maçãs...E como tal era mais planta do que gente...
Tinkerhell
Enviado por Tinkerhell em 25/04/2009
Código do texto: T1559862


Comentários

Sobre a autora
Tinkerhell
Maringá - Paraná - Brasil, 30 anos
150 textos (45862 leituras)
1 áudios (295 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/08/20 22:22)
Tinkerhell