Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Introdução ao fim.

À tudo quanto me ensinou, dedico estas linhas. Posso adiantar que, apesar de não estar na praça 15, tenho um cigarro aceso.
Escrevo para que te lembres das nossas aventuras e de quem éramos nós, naquele verão de 2016.
Tenho sentido seu cheiro no ar e sua voz ainda me atormenta, de modo que as palavras são o único meio para que te expulses de mim.
Apesar de contraditório, escrevo para que essas memórias não se percam no tempo e ao fazer isso, sinto raiva da minha inabilidade em descumprir promessas. Lembra-se das nossas muitas juras? Não posso falhar com Hobbes e por isso, as cumpro cada vez que penso em você.
Portanto, caro leitor, o que se segue são resquícios de um amor shakespeariano, cujo final nos parece tanto óbvio quanto intrigante. Óbvio porque o final está posto; intrigante pois, até chegarmos lá, estimularei todos os teus sentidos e eu sei que ninguém resiste ao acúmulo de sensações...
Não espero aguçar tua imaginação, mas admito que às vezes minto. Essa é a razão do meu atrevimento e convite para que acompanhes o meu delirar que cansou de se esconder.

Convite aceito?
LAURAKNOXX
Enviado por LAURAKNOXX em 11/09/2019
Código do texto: T6742661
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LAURAKNOXX
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 25 anos
31 textos (1174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 02:50)
LAURAKNOXX