Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA: PERNA PRETA



... ela estava ali diante da cerca..., fugidia!
... sentada ao chão quente, desnudo!!!
, com seu bebê ao colo!
        ,...........,
Dera a vida a ele...!
Dera a vida por ele, faminto,...!
Ela gritava: “pena que não comes minha carne, pois te daria de bom grado”
A negra sentada ao chão quente, desnuda!
Ela estava do lado de lá da cerca, eu, de cá! ..., olhando-a!
........................................................................, sem nada poder fazer!
Ela, ..............................., sangrando nos pés descalços, negros, cortados pela cerca de arame!
Ela,................................, derramava seu sangue preto e suas lágrimas tristes............................!
Numa pura denúncia da escuridão da alma humana, desumana!
..................................................... lágrimas escorridas sobre uma criança morta, ...., mais livre que a mãe. Agora, libertou-se dos desumanos!


Por MAGNO HOLANDA

VISITE E DIVULGUE O BLOG DE OPINIÃO E REFLEXÃO DO PROF MAGNO HOLANDA http://magnoholanda.blogspot.com.br/



SE ESSE BLOG FOI ÚTIL A VOCÊ, FAÇA DOAÇÕES PARA A PUBLICAÇÃO DOS LIVROS DE MAGNO HOLANDA.
AG. 1634-9 C.CO. 35.505-4 B. DO BRASIL *Na publicação, livros serão doados e outros sorteados.

MAGNO HOLANDA
Enviado por MAGNO HOLANDA em 07/12/2017
Código do texto: T6192561
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MAGNO HOLANDA
Campina Grande - Paraíba - Brasil
276 textos (7775 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 06:05)
MAGNO HOLANDA