Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FIM

Respirou fundo um ar seco e gelado. Da altura daquele prédio, podia ouvir sem nenhum ruído o silêncio da madrugada, que a muitos amedrontava, mas que a ele acalmava totalmente. A noite que sua mãe passara no serviço permitiu a ele bons momentos sozinho. Devido ao total relaxamento, pensou o desistir do plano o que levou a tal altitude.
Porém, meia dúzia de transeuntes interromperam o seus trajetos e se postaram na frente do edifício, olhando para cima, curiosos. Eram moradores de ruas, prostitutas e drogados.
Da altura em que ele se encontrava, começou a escutar murmúrios daquele grupo, que aos poucos ia aumentando. Não entendia o por que de tantas pessoas na rua, naquele horário.
"Desça daí maluco!", "Ele vai se jogar…", "Tá ficando louco?". Os gritos já eram capazes de acordar moradores do prédio, que corriam até as sacadas, ansiosos para ver qual seria o fim daquela história.
Ele, que antes contemplava um raro momento de paz, agora via seus problemas voltarem a ferver em sua mente. Faltava pouco para o fim. Já não aguentava mais a tortura de viver a vida miserável que levava. A falta de amigos. A falta de um amor. O serviço rotineiro que sugava o fim de suas energias. A família que nunca o entendeu de verdade. E principalmente as pessoas que sempre o olhavam com estranheza e o feriam com palavras depreciativas.
"Esse menino é o filho da moça do 202!", "Ah, aquele menino esquisito?", "Esse mesmo, que todo mundo fala que é mocinha.", "A mãe dele não tá em casa?", "Acho que não.", "Será que alguém chamou a polícia?", "Desce daí maluco!", "Ele não vai se jogar, é um frouxo até pra isso…"
Gritos.
Barulho abafado do corpo que se chocou na calçada.
A mãe que soubera do perigo que ele corria àquela altura, voltou correndo do trabalho.
Chorou, abraçada ao corpo, suja do sangue de seu unigênito, o mais triste dos choros.
"Por que você nunca deixou eu te ajudar, meu filho…"
Estranha Mente
Enviado por Estranha Mente em 23/10/2018
Código do texto: T6484327
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Estranha Mente
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 21 anos
24 textos (833 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 22:20)
Estranha Mente