Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O COELHO DESANIMADO



Certa vez lá na floresta encantada, o coelho Zezé estava muito triste e sentindo só, mesmo com tantos amigos ele não estava feliz e preferia ficar sozinho, assim se isolava de todos.
Nem as brincadeiras na pracinha de que tanto gostava o animava mais. E, assim o coelhinho Zezé preferia passar as tardes escondido em moitas de capim verdinho onde ficava a sonhar.
- Engraçado! O coelhinho estava mesmo muito triste, nem cenoura ele gostava mais. Será que ele está doente? Alguém sabe o que está acontecendo com ele? – Perguntava a coelhinha Dida a melhor amiga do coelhinho.
- Não sabemos o que está deixando assim agoniado, - Dizia outro coelho todos preocupados com o amigo.
Numa manhã daquelas quando o dia nasce com o Sol bem alegre, o coelhinho Zezé resolveu sair sem destino, de pulo em pulo  encontrou o galo.
- O que está fazendo sozinho e tão longe da aldeia? Só anda em grupo saltitando feliz e agora assim tão triste e sozinho. – Perguntou o galo.
- Olá amigo galo das campinas. Eu não sei explicar faz dias que estou sem vontade de fazer o que eu gostava. Ando muito agoniado o coração fica querendo pular fora do meu corpo de tanta ansiedade, Só quero ficar sozinho. - Disse o coelhinho Zezé.
- Se quer ficar  sozinho então boa viagem, mas tenha cuidado com caçadores que andam rondando por esses lados. – Disse o galo voltando a cantar ou atrasaria o despertar da floresta.
Uma formiga daquelas bunduda que a tudo ouvia, chegou perto do coelho e disse:
- Acho que está doente. Deveria procurar o doutor macaco e se consultar antes que morra por ai de tristeza.
- Eu não vou perder meu tempo falando com uma formiga, respondeu o coelho inquieto se coçando.
E assim deixando a formiga falando sozinha resolveu voltar, quando encontrou um grilo feliz  no seu cri...cri...cri...pousado em um graveto seco no caminho, o coelho parou olhou aquela alegria toda de um bichinho minúsculo e resolveu que por mais que a tristeza estivesse querendo participar da sua vida ele seria bem mais forte para expulsar, e voltou pulando para encontrar os amigos, dessa vez ser o mesmo coelho Zezé de toda vida, feliz e brincalhão e tudo agradeça aos amigos que o incentivou.


Autoria- Irá Rodrigues
Diretora Internacional da divisão de Literatura Infanto-juvenil


irá rodrigues
Enviado por irá rodrigues em 18/04/2019
Código do texto: T6626778
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
irá rodrigues
Santo Estevão - Bahia - Brasil
4132 textos (76001 leituras)
21 e-livros (678 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 10:51)
irá rodrigues