Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavra Solta: abra a janela para sentir o sol da manhã

Palavra Solta: abra a janela para sentir o sol da manhã

Rangel Alves da Costa*


Já são mais de cinco da manhã. O galo já cantou desde muito. Muitas coisas do dia já estão envelhecendo. As frutas do pequeno pomar se esparramam pelo chão do quintal. Os ovos que nasceram quentinhos já estão desaquecidos abaixo do poleiro. Os pássaros já voejaram, já chegaram e já partira, já cantaram e já silenciaram, mas voltarão alegres e cantantes. As roupas estendidas ao anoitecer se embalam com a ventania no varal. E você ainda deitada, dormindo ou postergando o despertar. E você ainda imaginando que o relógio pode esperar um pouquinho, que a manhã pode esperar um pouquinho, que tudo pode esperar um pouquinho. Levanta, vai. Abra a janela para sentir o sol da manhã. Abra a janela para o novo dia, para o sorriso e para a alegria. Abra a janela para o canto novo, para o sopro novo, para a esperança nova. Abra a janela para sentir a vida, para abraçar a natureza ao redor, para beijar o raio de sol que a espera no umbral na janela. Então acorde, levante, abra a janela, abra a porta do quintal, se abra para a manhã. Depois da prece o encontro com o encanto dessa hora do dia, pois a primeira manhã é única na construção do restante do dia. É nela que se alicerça a felicidade do dia. E da vida. Então acorde, então levante e abra a janela para sentir o sol da manhã.


Poeta e cronista
blograngel-sertao.blogspot.com
Rangel Alves da Costa
Enviado por Rangel Alves da Costa em 06/12/2015
Código do texto: T5471537
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Rangel Alves da Costa
Aracaju - Sergipe - Brasil, 56 anos
10498 textos (334826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/20 18:46)
Rangel Alves da Costa